Cedar Camps

Metaphysical Ideas

Search Metaphysicals
 

Metaphysical Newsletters

The weekly Metaphysical Newsletter is provided to campers, staff, alumni, friends and the CedarS family at no charge however contributions help defray the costs of running this service.

Click here for more about how you can provide support!
 

Delivered to You FREE!

Available in five languages, get it delivered to your inbox weekly!

Subscribe Now!

Com problemas? Deus te dá cobertura! Tema: Deus o Preservador do Homem.

Rick Stewart, C.S., Dresden, Germany
Posted Monday, December 4th, 2017

CIÊNCIA CRISTÃ - LIÇÃO BÍBLICA

[Com problemas? Deus te dá cobertura!]
10 de dezembro de 2017
Deus o Preservador do Homem
__________________________________________________
Abreviações: Bíblia – B; Bíblia na Nova Tradução na Linguagem de Hoje – NTLH;
Bíblia Mensagem - MSG; Ciência Cristã – CC; Ciência e Saúde – CS; Lição Bíblica – LB
__________________________________________________
Você está com problemas? Agora mesmo? Então a lição desta semana está justamente para você, e para mim, e para todos!
Quando criança eu parecia estar seguidamente com problemas. Não todo o tempo, é lógico. Frequentava a Escola Dominical, com meu irmão tinha bons registros escolares, estávamos na lista de honra, éramos campeões nacionais de soletrar, tivemos muitas curas na Ciência Cristã! Mas... eu tinha que lidar com a tentação da mentira. Eu gostava de fazer fogo, mesmo que não fosse permitido em certos lugares por serem perigosos. No terceiro ano primário sai de casa com meu amigo altas horas da madrugada. Adivinhe! Quando voltamos minha mãe estava nos esperando. Estávamos com problemas! Eu gostava do livro “Doule Trouble for Rupert” (Trabalho Duplo para Rupert). Às vezes parecia “Trabalho Triplo para Ricky”. Os problemas de meus pais não paravam por aí. Graças à bondade divina, eu tive um pai e uma mãe que não desistiam de mim ou meus irmãos e minha irmã. É que temos, como mostrado na lição, um Pai-Mãe divino quem nunca desiste de nós.
Embora o livro de Jó declare: “O homem nascido de mulher é curto de dias e cheio de inquietações” (Jó 14:21), por acaso isso quer dizer que temos de viver em constante problema? Não necessariamente! Pode haver outra opção. Tem a ver com descobrir quem realmente somos ou ajudar outros, talvez nossos filhos, a descobrir sua real identidade. A opção, descobrir que somos filhos de Deus, afinal de contas, como afirma a primeira citação da lição: “O amado do Senhor habitará seguro com ele; todo o dia o senhor o protegerá, e ele descansará nos seus braços” (B1, Deut. 33:12).
Como convivi com esta lição nos últimos dias, fui lembrado de muitos exemplos do sentir-se “amado do Senhor”. Foi até divertido acalentar e amar cada ideia presentada na lição; e ouvindo sobre sua aplicação, desejando sentir seu consolo e cura. E então, como muitas vezes acontece, Deus nos dá um sinal, como ocorreu hoje de manhã. Minha esposa e eu recém havíamos deixado Martha no Jardim de Infância. Quando saíamos olhei para o céu e vi um bando de cisnes passando por cima de mim. Lembrei-me da citação bíblica mencionada acima.
Você já deve ter visto filhotes de cisnes ou outras espécies de pássaros aninhados seguramente entre os ombros do papai ou mamãe.
Esta imagem de Deus cuidando de nós dessa maneira sempre me inspirou. Não quer dizer que Deus seja coberto de penas, certo? É apenas uma imagem de que Deus nos acolhe. O que essa lição acrescenta à equação para mim, e que mesmo que tenhamos feito algo errado, ou estejamos com problema ou em perigo, ou caídos do ‘ninho’, podemos contar com a ajuda de Deus para salvar-nos.
Talvez seja por isso que eu goste tanto!

O Texto Áureo (Salmos 46: 1, Deus é nosso refúgio e fortaleza, socorro bem presente nas tribulações.”)
Se você alguma vez teve problemas—ou sente-se sempre em problema de algum tipo—não se preocupe; há esperança para nós todos, porque Deus é “socorro bem presente nas tribulações”.

A Leitura Alternada (Salmos 91: 1-6, 9, 10; 121:7, 8). Aqui nos é apresentado, com imagens fortes, que Deus nos acolhe, protege e preserva. Enquanto estudava esses versículos há muito tempo amados, ocorreu-me uma ideia simples. No passado, pensava eu, se procurasse refúgio em Deus, Ele me protegeria. Comecei a pensar nas verdades destes Salmos como afirmações do fato de que Deus se relaciona com toda Sua criação. Isto é verdade para mim. Isto é verdade para todos Seus filhos. É assim que Deus preserva e protege os Sua criação. De modo que essas verdades se tornaram a base de oração para toda a criação, toda a terra, suas criaturas, e até o universo. A Seção 1 traz isto de modo claro.

Seção1: Toda a criação está ligada na bondade/gentileza de Deus
Como afirma a citação B3: “A tua justiça é como as montanhas de Deus; os teus juízos, como abismo profundo. Tu, Senhor, preservas os homens e os animais. Como é preciosa, ó Deus, a tua benignidade! Por isso os filhos dos homens se acolhem à sombra das tuas asas” (Salmos 36:6, 7).
Ciência e Saúde afirma: “Deus é a Vida, a inteligência que forma e preserva a individualidade e a identidade tanto de animais como dos homens” (CS, p.550).
Pensando a respeito de nosso mundo hoje em dia, há muitos perigos ao meio ambiente e espécies ameaçadas por caça e desmatamento ilegais e perda de habitat. Se nos aplicarmos como metafísicos, guerreiros da oração para resolver essas questões, acho que esta Seção é especial, afirmando a presença de Deus como preservador e protetor de Sua criação.
Lembro-me de quando eu morava numa fazenda, muito retirada da civilização, e tinha a tarefa de ajudar a combater a caça ilegal.
Eu era o único residente na fazenda, estando meu vizinho mais próximo a uns 2 a 3 km e era um ativo caçador ilegal. Também fui advertido por um policial a respeito da presença de traficantes de drogas na redondeza. Foram vistos portando armas automáticas. Fico feliz em dizer que eu tinha uma arma secreta de confiança—a compreensiva aplicação de verdades bíblicas via CC. Na ocasião já atuava na prática pública.
Era a semana do Dia de Ação de Graças. Na segunda feira tivemos visitas em minha cabana para um dia de cavalgada. Eles recém haviam voltado de sua cavalgada, sendo que os animais ainda estavam aparelhados. Enquanto conversávamos ouviu-se dois tiros de rifles de alta potência, por perto. Meu irmão Gary e eu montamos nos cavalos e rumamos a toda para o local de onde tinham vindo os tiros. Estávamos armados de pistolas, mas também estávamos armados com a CC. Chegamos em poucos minutos, a tempo de ouvir alguém escapar pulando uma cerca. Encontramos uma corça e dois filhotes de javali que o caçador deixou para trás.
A caminho eu ia pensando que qualquer ação sem apoio de um princípio não poderia vingar, nem chegar a dar frutos. Não fiquei feliz ao ver a corça e os dois porquinhos abatidos. Mas não deixei de me alegrar por ter interrompido a ação do caçador de levar seus espólios. Naquela semana minhas orações se intensificaram.
Alertei o guarda florestal da área, e ele me disse que estaria disponível a qualquer chamado. Isso foi numa segunda feira. Na sexta, o dia após Ação de Graças (Black Friday), fui alertado por um vizinho ter visto dois homens armados se dirigindo à nossa fazenda. Liguei para o guarda florestal e contei o que havia acontecido, e ele prometeu vir para checar o local.
Tive, então, uma ideia. Convidei meu pai e um sobrinho para uma volta de trator na área onde os caçadores tinham sido vistos. Falávamos alto, na esperança de sermos vistos e ouvidos; depois saímos da área de mata de modo ruidoso. Durante todo o tempo meu pai e eu conversamos sobre a presença e ação do Princípio, e que ações más não têm proteção ou poder. Minha esperança era que os caçadores agora pensassem que o caminho estivesse livre para sua fuga.
Enquanto fazíamos as voltas com o trator, o guarda florestal e o vizinho que avisara sobre os intrusos prepararam uma armadilha. Cerca de meia hora após sairmos da mata com o trator dois caçadores saíram da mata carregando um veado. Foram direto para as mãos da polícia. Foram presos e julgados por porte ilegal de armas, um crime que significava que não poderiam ter armas novamente. O efeito imediato foi que a praga da caça ilegal tinha acabado.
Salmos 91: 10: “Nenhum mal te sucederá, praga nenhuma chegará à tua tenda.” (LA)
Nossas orações nunca estão limitadas a distâncias ou geografia. Nossas afirmações de oração e tratamento metafísico consagrado podem ser sentidos no mundo inteiro. Podemos afirmar que Deus está, de fato, presente e ativo. Como diz a citação CS2: “Deus é a Vida, a inteligência que forma e preserva a individualidade a identidade tanto dos animais como dos homens” (p. 550).

Seção 2: Raabe deu assistência ao passo final na Terra prometida!
Essa estória me era novidade. Um belo exemplo de uma ação corajosa que abençoou a Josué e os Filhos de Israel. A estória de Raabe, dona de um prostíbulo, cujas atitudes salvaram as vidas de dois homens de Josué enviados para recolherem informações para a passagem dos Filhos de Israel pelo Jordão e entrarem em Jericó, a Terra Prometida.
Raabe é referida como prostituta. Há outas passagens bíblicas que se referem a ela como dona de um prostíbulo; acontece que prestou um grande serviço a Josué e seus homens. Ao que parece sua casa estava construída na beira da cidade. Os dois espiões de Josué vieram, entraram na casa, e quando os soldados vieram a procura deles, ela os escondeu no sótão entre as canas do linho. Assim puderam escapar, sendo baixados por lençóis vermelhos feitos de linho. Por esta ajuda ela garantiu a promessa de que ela e sua família seriam poupadas quando Josué invadisse Jericó.
O relato bíblico dá conta de que a campanha de Josué teve êxito por causa dos esforços de Raabe. Ela e sua família viajaram com Josué e viveram em Israel depois. Parece que ela se casou com um dos espiões, conhecido como Salman. Era mãe de Boaz que casou com Rute. Estes tiveram um filho Obed, cujo filho Jesse foi pai de Davi, que derrotou Golias, escritor de Salmos, músico, futuro rei. Ações corajosas, ações individuais, ações desapegadas certamente podem ter consequência duradoura na preservação e proteção de pessoas e planos importantes. Para mim foi mais um exemplo de alguém em problemas—mesmo em meio a atividades problemáticas—pode servir como uma parte dos preservadores planos de Deus.

Seção 3: O Cristo cura a doença e destrói o medo, como "um abrigo contra o calor”.
Quão poderoso é ler sobre a cura da sogra de Pedro e tantas outras curas feitas por Jesus na citação B14 (Mateus 8:14-16, NTLH): “Jesus foi à casa de Pedro e viu a sogra dele de cama, com febre. Jesus tocou na mão dela, e a febre saiu dela. Então ela se levantou e começou a cuidar dele. Depois do pôr do sol, o povo levou até Jesus muitas pessoas que estavam dominadas por demônios. E ele, apenas com uma palavra, expulsava os espíritos maus e curava todas as pessoas que estavam doentes.”
Esta seção nos capacita, não apenas a trabalhar para nós mesmos no tratamento de febres e doenças, mas também a refletir o espírito em nossas orações em que " Seu braço cinge a mim, e a tudo o mais". Esta linha vem do poema de Mary Baker Eddy, " A Oração Vespertina da Mãe". [Hino 207] O Amor desinteressado que liberta do medo e da doença pode elevar nossas orações a lidar com os efeitos da guerra, dos argumentos das doenças e epidemias em regiões distantes ou até mesmo em nosso próprio lar, e também pode estabelecer nossa imunidade e isenção de todas as doenças e do perigo. Mas lembre-se sempre de deixar o Amor desinteressado envolver a tudo [...]
A Oração Vespertina da Mãe (Poema de Mary Baker Eddy)
Gentil presença, gozo, paz poder,
Divina Vida, reges o porvir;
Susténs da avezinha o voejar,
Meu filho guarda em seu progredir.

Refúgio verdadeiro é o Amor.
As armadilhas são visões mortais.
Bem perto está Seu lar acolhedor,
Seu braço cinge a mim, e a tudo o mais.

Feliz me faz por meu atroz chorar,
Por desalento, ingratidão, desdém.
Espera, ama, ante ódio e mal,
Pois perda é ganho. Deus é o sumo bem.

Sob Tuas asas cheias de poder,
É doce a senda estreita do dever.
Quem busca, acha. Ei-lo a cantar:
“Convosco sempre estou”.
Vigiai e orai.

Não mais cilada, peste ou terror
Vem oprimir o peito em aflição.
Pois Teu sorriso, a lágrima secou;
E a mãe, em Ti, seu lar e paz achou.
As preocupações expressas durante a Copa do Mundo e dos Jogos Olímpicos no Brasil me lembraram uma cura que ocorreu quando morei no Brasil por dois meses em 1985. Logo que cheguei fui picado durante a noite toda por um grande número de mosquitos. O resultado parecia ser uma noite febril e um pesadelo. Eu lutei, me agitei e virei, e só encontrei paz quando finalmente comecei a afirmar que o Amor era a motivação para estar no Brasil. Eu estava lá para aprender português em função de uma futura turnê de conferências. Quando finalmente comecei a reivindicar a natureza espiritual da minha viagem e minha consequente condição privilegiada, os sintomas desapareceram repentinamente, para nunca mais voltar. Lembro-me alegando que eu estava no esconderijo do Altíssimo e que, assim como Daniel na cova dos leões deve ter sabido que não era "carne", eu também podia saber que não era sangue. Eu era a idéia espiritual da criação de Deus. E isso provou ser o meu refúgio. Desfrutei totalmente daqueles três meses no Brasil, que foram alguns dos momentos mais queridos da minha vida. E com apenas as lembranças mais pacíficas, felizes e cheias de cura.
Seção 4: O homem é realmente indestrutível!
Que proteção poderosa saber que o Senhor nos livrará mesmo com problemas.
Como na citação B18, afirma: "Muitas são as aflições do justo; mas o Senhor de todas o livra. Preserva-lhe todos os ossos, nenhum deles sequer será quebrado" (Salmo 34:19, 20).
Na página 402 de Ciência e Saúde, Mary Baker Eddy escreve: "O homem é indestrutível e eterno ... Na Ciência, nenhuma fratura ou deslocamento pode, em realidade ocorrer. Dizes que os acidentes, os ferimentos e as doenças matam o homem, mas isso não é verdade. A vida do homem é a Mente. O corpo material manifesta só aquilo em que a mente mortal crê, seja um osso fraturado, uma doença ou pecado" (CS16).
Que declaração notável e poderosa, a indestrutibilidade do homem de Deus!
Minha mãe compartilhou uma experiência que teve onde a declaração acima percebida em pensamento inverteu imediatamente o aparente deslocamento de um ombro. Ela estava trabalhando em nosso estacionamento em Leesburg, Flórida. Numa pequena lavanderia, ela estava lavando a roupa em uma máquina com rolos para espremer (torcer). Enquanto trabalhava, meu irmão Scott aproximou-se e pegou uma das roupas enquanto passava pelos rolos. Ele a segurou e seu braço foi puxado para os rolos espremedores. O resultado pareceu ser um completo deslocamento do ombro. Mamãe lembrou e repetiu a afirmação acima, "Na Ciência, nenhuma fratura ou deslocamento pode, em realidade ocorrer."
No exato momento em que ela fez essa afirmação, o braço de Scott voltou ao lugar. E não houve efeitos posteriores.
Quantos de nós provamos em nossa própria vida o poder e a verdade desta afirmação de Ciência e Saúde, "Os acidentes são desconhecidos para Deus, a Mente imortal, e temos de deixar a base mortal da crença e unir-nos à Mente única, a fim de substituir a noção de acaso para o senso apropriado da infalível direção de Deus, e assim trazer à luz a harmonia. Sob a Providência divina, não pode haver acidentes, pois na perfeição não há lugar para a imperfeição" (CS18, p. 424: 5-11).
Seção 5: Sem separação mesmo em meio a problemas.
Muitas vezes, lembro-me que os relatos que lemos na Bíblia são de indivíduos, pessoas reais, que aprenderam a compreensão prática de Deus e Seu Cristo como suficiente para mantê-los seguros. E certamente o apóstolo Paulo provou que nenhuma circunstância ou condição poderia removê-lo do cuidado de Deus. Nesta seção ele nos relata que foi fustigado com varas, apedrejado, naufragou três vezes e ficou à deriva no oceano (B21, 2Cor. 11:25,27 e 28).
Ele testifica que "podemos consolar os que estão em algum problema".
"Paulo, apóstolo de Cristo Jesus pela vontade de Deus e o irmão Timóteo, à igreja de Deus que está em Corinto, e a todos os santos que em toda a Acaia; Bendito seja o Deus e Pai de nosso Senhor Jesus Cristo, o Pai de misericórdias e Deus de toda consolação! É ele que nos conforta em toda a nossa tribulação, para podermos consolar os que estiverem em qualquer angústia, a consolação com que nós mesmos somos contemplados por Deus" (B20, 2Cor. 1:1, 3, 4).
Paulo fala de ter estado “na voragem do mar" (B21, 2Cor. 11:25). Isso me lembra a maravilhosa cura e proteção que meu irmão Scott teve há apenas um ano. Eu não sei o quão profundo é o lago Orange, perto de nossa casa em Marion County, Flórida, mas eu sei que não se pode ficar em pé, o fundo é repleto de ervas daninhas, e alguns dos maiores jacarés da Flórida podem ser encontrados lá. E aquele lago amado é exatamente onde Scott estava pescando sozinho.
Ele arrumou o motor de popa no barco de pesca de 4,5m e estava pronto para ir mais longe no lago. Em um momento, seu motor de popa de repente virou-se para o lado e jogou Scott fora do barco. Ele não tinha nenhum salva-vidas. O barco continuou a correr a toda velocidade em um círculo apertado em torno de Scott. O pensamento veio a Scott de que ele poderia pegar a corda que estava pendurada na proa e parar o barco.
Essa não foi uma boa ideia. Então, enquanto ele pegava a corda, o barco correu sobre Scott, cortando e quebrando-lhe o braço. A situação parecia terrível. No momento em que o acidente parecia acontecer, Scott pensou em uma linha do artigo, "A Lei Divina do Ajustamento" de Adam H. Dickey.
"Se um homem estiver se afogando no meio do oceano aparentemente sem ajuda à mão, há uma lei de Deus que, quando bem aplicada, trará seu resgate".
No momento imediato, quando Scott pensou nessa declaração do artigo do Sr. Dickey, olhou para o meio do lago e viu outro barco de pesca correndo a toda velocidade em sua direção. Em questão de minutos, Scott estava seguro e bem, fora da água e no barco de "Mr. Maddox”. Não houve espera, não houve demora, a libertação de Scott foi instantânea. E para Scott, o Sr. e a Sra. Maddox não eram nada menos do que os anjos.
Seção 6: “Socorro bem presente nas tribulações."
Nós lemos anteriormente sobre Raabe e qual a contribuição dela para o sucesso da entrada dos filhos de Israel na Terra Prometida. Por isso, parece bastante apropriado que tenhamos a seguinte citação na última seção. É da futura nora de Raabe, Ruth.
"O Senhor retribua o teu feito, e seja cumprida a tua recompensa do Senhor Deus de Israel, sob cujas asas vieste buscar refúgio." (B6 25, Rute 2:12)
A citação B26 (Hebreus 4: 9) nos assegura: "Portanto, resta um repouso para o povo de Deus."
As passagens correlativas de Ciência e Saúde completam nossa garantia:
“O direito ao harmonioso e eterno existir só se encontra seguro na Ciência divina” (CS25, p. 232: 8).
“O descanso mais sublime e mais suave, até mesmo de um ponto de vista humano, está no trabalho sagrado.” (CS26, p. 519: 29).
“Passo a passo, os que confiam nEle hão de constatar que “Deus é o nosso refúgio e fortaleza, socorro bem presente nas tribulações” (CS27, p. 444: 11).
Alguns de vocês devem ter ouvido falar do bombardeio de 13 de fevereiro de 1945 durante a Segunda Guerra Mundial da minha cidade adotiva de Dresden. Não só foi um bombardeio devastador, mas as bombas criaram uma terrível tempestade de fogo que destruiu grande parte da cidade. Vários dos membros da nossa igreja da Ciência Cristã aqui em Dresden estiveram presentes durante esse bombardeio. Um desses membros, Monike Naumann, compartilhou comigo sua experiência naquela noite. À medida que o bombardeio estava acontecendo, ela e sua família foram apanhadas ao ar livre. Monike, sua mãe, seu pai e sua avó estavam tentando ir para um lugar seguro. Todos eram estudantes da Ciência Cristã. Ela descreveu que as bombas caíram e pareciam ter a forma de uma flor enquanto se espalhavam em todas as direções. Quando a família se movimentou e orou, eles se refugiaram atrás das paredes quando as bombas estavam perto. Esse plano funcionou bem até que uma bomba caiu e seu pai não conseguiu se abrigar. Todos oraram sinceramente e essa única bomba foi completamente especial. Toda a força explosiva e as chamas foram na direção oposta. Monike me disse: "Era como se uma mão gigante estivesse nos protegendo. Meu pai estava bem.
Quando finalmente chegaram à sua casa, descobriram que o prédio tinha sido destruído. Mas o porão estava intacto. Quando vasculharam através dos destroços descobriram que sua amada coleção familiar de porcelana Meissen estava completamente intocada. Todos estavam admirados. E então o pai de Monike disse: "De agora em diante, comeremos todas as refeições na nossa melhor porcelana. Não vamos esperar por ocasiões especiais. Lembraremos do milagre que vimos e que fomos salvos por Deus ".
Ela disse que, a partir desse dia, todos os dias era um dia sagrado para a família.
_________________
Este estudo metafísico foi preparado por by Rick Stewart, CS Dresden, Germany, rickstewartcs@aol.com, (+49 351 312 4736)
A equipe de tradução para o português é composta por Ana Paula Wagner, Dulcinea Torres, Leila Kommers, Ovídio Trentini e William Trentini. Visite o site Associação dos Alunos de Ciência Cristã do Professor Orlando Trentini, CSB. Ali você encontrará esta tradução e as anteriores para estudo, podendo baixar e partilhar esse copo de água fresca com seus amigos.
Os estudos metafísicos dos Cedros sobre o estudo diário da Lição Bíblica da Ciência Cristã, contendo ideias de aplicação metafísica, são oferecidos, durante todo o ano, para que os amigos da Ciência Cristã vejam e demonstrem o grande valor do estudo diário da LB.
Os Cedros são um suplemento para a LB. O estudo em inglês será postado, no link abaixo, na 2a. feira. Sua tradução para o português será postada até a 4ªfeira. Busque e leia o texto em inglês em http://www.cedarscamps.org/metaphysical.

Metaphysical

Look Beyond the Temporal to the Eternal - How would you answer the question posed in the...
Latest Lesson Application Idea

Newsletters

Get free weekly uplifting newsletters (available in English, Spanish, French, German and now in Portuguese!)
Subscribe or Update Subscription

Facebook

Find CedarS on Facebook for the latest news, heart-warming fruitage, facility upgrades and more!
Go to the CedarS' Facebook Page