Cedar Camps

Metaphysical Ideas

Search Metaphysicals
 

Metaphysical Newsletters

The weekly Metaphysical Newsletter is provided to campers, staff, alumni, friends and the CedarS family at no charge however contributions help defray the costs of running this service.

Click here for more about how you can provide support!
 

Delivered to You FREE!

Available in five languages, get it delivered to your inbox weekly!

Subscribe Now!

Estudo Metafísico do Acampamento dos Cedros - Tema: Vida.

Kerry Jenkins, C.S., House Springs, MO
Posted Monday, January 13th, 2014

CIÊNCIA CRISTÃ - LIÇÃO BÍBLICA

Encontre a alegria contínua de pôr seus dias nas mãos da Vida divina.

Estudo Metafísico do Acampamento dos Cedros

Tema: Vida

De 13 a 19 de janeiro de 2014.

Abreviações:  Bíblia – B; Ciência Cristã – CC; Ciência e Saúde – CS; Lição Bíblica – LB

Vocês provavelmente já ouviram a expressão que a Ciência Cristã é "um modo de vida". De fato é. Na realidade, não se trata de "religião", mas sim do que é real. Com quanto empenho desejamos saber o que é real e distingui-lo do que não é? Esse tema sobre Vida é uma dessas "grandes" ideias que nos auxiliam a ponderar o que a Vida é e do que consiste a vida. Há, por acaso, dois tipos de vida? Há, por acaso, a vida que está na matéria, e outra que seja "a vida eterna, espiritual"? Se há esses dois tipos de vida, então passaremos nossos dias "tentando viver" até "nos movimentarmos" na outra direção: da vida espiritual. Se para nós há apenas a vida espiritual, então, estaremos agindo como diz na Leitura Alternada (Salmo 27:4): "Uma coisa peço ao Senhor, e a buscarei: que eu possa morar na Casa do Senhor todos os dias da minha vida, para contemplar a beleza do Senhor e meditar no seu templo."
Talvez esse conceito possa parecer como algo fora do nosso alcance ou radical demais. Mas, não é. Fazemo-lo dia-a-dia. A Bíblia, A Mensagem, traduz parte do Texto Áureo como: "... de hora em hora entrego meus dias em Tuas mãos". Certamente isso é um modo de praticar, até mesmo uma profissão eterna. Como poderemos ver, por meio desta LB, isso é altamente satisfatório, alegre e compensador; em verdade, é o único modo de podermos ter uma tal vida.
Texto Áureo: Salmo 31:14, 15
"...Tu és o meu Deus. Nas Tuas mãos, estão os meus dias...".
Nosso futuro, nossa vida está na mão da própria Vida, Deus. Nossa vida não está "sujeita" e nem está "na mão" da idade ou do corpo. Deus está no "posto de condutor".
Leitura Alternada: Salmos 27:1, 3-5, 13;   18:4, 6, 16, 28;  42:8
Aqui é introduzida a ideia de luz, simbolizando a luz da criação e a ideia da compreensão. Temos a promessa de que veremos "a bondade do Senhor na terra dos viventes". Seu auxílio, sua harmonia e graça estão à nossa disposição agora mesmo, no atual estágio de nossa compreensão. A LA termina com a declaração "comigo está o seu cântico, uma oração ao Deus da minha vida." A Mensagem traduz parcialmente, de forma poética: "A  minha vida  um louvor a Deus". Que bela maneira de pensar sobre nossa vida, como um louvor a Deus, uma expressão ativa do pensamento de Deus!
Seção 1: Toda verdadeira vida/existência vem do Espírito/Vida
Deus quer que entendamos este fato. A citação B2 diz: "O Senhor é Deus, ele é a nossa luz" (Salmo 118:27). Ele nos deu a compreensão. Ele não está tentando ser misterioso e difícil de compreender. O testemunho do sentido material tenta obscurecer isso com pontos de vista contrários, assim como nas analogias que Mary Baker Eddy usa nesta seção sobre o sol (CS1 e CS2). As "tendas da perversidade" (B3) não se referem ao que podemos imaginar viver em tendas/barracas no dia de hoje. Fala-se em viver "folgadamente" na matéria em lares de pessoas más. Dessa maneira podemos ver que ser porteiro na casa de Deus, estando espiritualmente prontos, mantendo puro e alerta o pensamento e não tolerando a mentalidade material, poderia ser visto como uma posição materialmente menos confortável do que viver num lar bem montado! Mas o resultado final deve ser mentalmente espiritualizado é a vida eterna. Não é uma recompensa tão má, não acham? Isto porque Deus é o próprio "manancial de vida" (B4). Não há outra fonte de vida.
Seção 2: Anos repletos de Alma x anos solares
Investiguem esta seção sob a luz das definições de Eddy sobre Tempo (CeS, p. 595) e Dia (p. 584). Não há um pingo de espiritualidade na sua definição de tempo. O tempo é uma invenção mortal. O físico Einstein afirmou: "O tempo foi criado para fazer o movimento parecer simples". E a metafísica Eddy diz na citação CS8: "O tempo é um pensamento dos mortais, o divisor do qual é o ano solar." O tempo, em realidade, mede repetições como nascer e pôr do sol, refeições, e assim por diante. Então, se houver um lugar onde não há repetições, onde cada ideia é nova, original, desdobrando-se eternamente... lá o tempo não existe. Talvez devêssemos viver nossa vida num modo de constante adiantamento, desenvolvendo-se de novos modos afim de não cair nas pseudo leis do "tempo". "Dia", por outro lado, é "a irradiação da Vida; luz, a ideia espiritual da Verdade e do Amor" (CeS, p. 584). Quando compreendermos esse 'dia', veremos nossa vida iluminada (CS5). Nesse 'dia' o tempo desaparece, isto é, a vida mortal, medida por anos solares, se desvanece. Por acaso, há luz no 'tempo'? Nenhuma. Mas o dia é definido por sua luz! "Os raios da Verdade infinita, quando se concentram no foco das ideias, produzem instantaneamente luz..." (CS7). Uma ideia (o homem, por exemplo) é uma expressão da luz, focada em algo que toma uma forma substancial, a Vida expressada. É criada com substância eterna, enquanto as teorias humanas, doutrinas teológicas, ainda que úteis de vez em quando, nunca podem trazer o tipo de compreensão e realização da luz espiritual.
Seção 3: Como devemos medir masculinidade / feminilidade?
Virtude , verdade, beleza, sabedoria, santidade, estes são alguns dos termos usados por Mary Baker Eddy para descrever a verdadeira masculinidade / feminilidade (CS10) . O que isso tem a ver com a idade? Mesmo que humanamente, esses atributos deveriam aumentar com o passar dos anos. What do they have to do with matter, or trips around the sun? O que eles têm a ver com o assunto, ou com quantas vezes a terra gira ao redor do sol? Caleb diz a Josué, aos 85 anos, que ele está tão forte como quando estava com 40 (depois de quarenta anos de peregrinação no deserto), estava tão forte como antes. Como é sentir-se forte? Uma coisa é dizer que você é um "jovem" de 85, mas a maioria dos jovens de 85 anos não diria que eles estão prontos para se alistar para o exército! Se não devemos medir a vida por anos solares, então como devemos medi-la? Algo para refletir! Algumas dessas qualidades mencionadas acima podem ser um bom começo. Ao chegarmos diariamente à compreensão de que não estamos realmente vivendo na matéria, começaremos a entender a natureza mitológica de medições solares (CS13). Gradualmente nos encontramos frente a algumas das reivindicações de que estamos envelhecendo. O momento para pensar sobre isso é agora, “não quando ficarmos velhos”. Alega-se que este mito nos atinge a cada dia. Nunca é “tarde demais”, porque o mito nunca teve qualquer base na realidade! Num verão, me deparei com uma condição muito dolorosa no meu pé. Nunca foi feito um diagnóstico, mas parecia algo que poderia ser descrito como artrite. Aproveitei a oportunidade para  alegrar-me na minha flexibilidade, a acolher novos pensamentos sobre Deus e nunca desanimei com os sintomas. Eu caminhava diariamente, apesar do desconforto, porque eu queria regozijar-me  na atividade da Vida. Em cerca de três meses a condição desapareceu e não voltou mais. Cada caminhada foi uma oportunidade, a cada passo, de reivindicar a minha liberdade sobre as restrições da vida na matéria. Se a condição estava relacionada com envelhecer ou não, o fato é que o acolhimento de novas ideias sobre Deus, sobre a natureza da realidade, sempre leva à cura.
Seção 4: Dando as boas-vindas ao modelo perfeito no pensamento
"Eu vos tenho amado, diz o Senhor" (B12).  Isto é o que Jesus mostrou à mulher que sofreu de hemorragia por 12 anos. A citação B14 ilustra o que ela estava fazendo quando estendeu a mão para tocar a orla do manto de Jesus. Ela estava tomando “posse da vida eterna". Ela estava alcançando o Cristo, a luz da compreensão que Jesus nos trouxe. Podemos também aqui ver a definição de 'Sol' no glossário de CS (p. 595). Citação B13 diz: "[…] para vós, que temeis o meu nome nascerá o sol da justiça, trazendo salvação nas suas asas; "Aqui 'SOL” simboliza claramente Jesus e o Cristo que ele encarnou. Eddy define SOL como: "O símbolo da Alma, a qual governa o homem – símbolo da Verdade, da Vida e do Amor." Não nos mostrou Jesus esse fato de que Alma/Vida governa o homem, em todos os trabalhos de cura que ele fez? Foi a Vida que aqui foi demonstrada, e não a alegação de que o sangue é a nossa vida. Jesus não se deteve nas alegações da medicina sobre hemorragia. A compreensão/fé dela era tão intensa, que apenas estendeu a mão para ele, mesmo quando toda a sociedade dizia para não fazer isso (pois ela era considerada "impura" por causa de sua hemorragia). Nós também podemos confiar que a Vida está se revelando para nós, se derramando em nós. Podemos tocar esta verdadeira compreensão da Vida, elevando os nossos pensamentos e ações para Deus, apesar do que a matéria nos diz sobre as sensações materiais – “fatos” a respeito da vida no corpo humano. Vamos estabelecer esse modelo perfeito em nosso pensamento. Não sejamos influenciados pela lógica humanamente indiscutível, porém falha da mente material. Lembre-se de que o sol parece rodar em torno de nós, a lua parece que brilha, quando apenas reflete, trilhos de trem que parecem que se vão juntar. A matéria vai sempre fazer o máximo para nos convencer de sua veracidade.  Os conceitos materiais falharão na medida em que curamos em oposição à sua evidência! Foi isso o que Jesus fez por essa mulher.

Seção 5: Não há vida nem morte na matéria
"Ao anoitecer, pode vir o choro, mas a alegria vem pela manhã" (B16). Mais analogias para nós sobre dia, noite, e assim por diante. Com a compreensão de que a vida nunca existiu na matéria, a tristeza e a dor sobre a aparente morte podem ser banidas. Não só estamos excluindo a dor, mas essa compreensão profunda e clara traz o seu oposto, a alegria! A ilustração nesta seção de Lázaro ser ressuscitado depois de quatro dias, é o melhor exemplo de que não pode haver qualquer verdade no poder da morte, ou mesmo da vida na matéria (CS22 e CS21). Voltando à citação CS23 lembro-me da persistência que devemos manter em nossa experiência diária para trazer essas grandes mudanças ao pensamento. Num relato de Eddy, trazendo seu fiel trabalhador Calvin Frye de volta da morte, o que me chamou a atenção foi uma pequena frase no final do relato: "Depois de uma hora de oração, Calvin se moveu um pouco e depois falou[...]" O relato começa assim: "Calvin Frye havia falecido, ele não tinha pulso, estava frio e rijo como uma pedra. Seus olhos fechados estavam fixos, parados e não havia nenhuma das evidências comuns de vida." (Veja no livro “Mary Baker Eddy,  Sanadora Crista”, p. 256-257). É o “Depois de uma hora [ ...]” que me chamou a atenção. Eddy foi apresentada a um quadro irrefutável de morte, e não era uma morte aparentemente recente. Ela não se intimidou e não persistiu apenas por alguns minutos ou meia hora, mas orou de forma contínua e com firmeza, sem resposta por uma hora! Isso nos diz algo sobre a necessidade que temos de sermos implacáveis em nossa busca da verdadeira natureza da realidade, apesar do testemunho do sentido material? Warren compartilhou um exemplo semelhante com um coelho de estimação deles que reviveu através de tratamento pela Ciência Cristã, após aparentemente ter estado morto. Não significa que nós precisamos nos desesperar se formos confrontados com uma aparência inalterada de morte em nossa experiência. A verdade que o homem jamais viveu na matéria é o verdadeiro presente, e isso é o que nos traz alegria como a entendemos em sua verdadeira profundidade e significado. Aliás, Calvin Frye nunca tirou férias de 1882 até a morte de Mary Baker Eddy [em 1910]. Ele serviu como primeiro leitor na igreja em Concord, New Hempshire, EUA, depois do falecimento de Eddy e, depois, serviu como presidente de A Igreja Mãe, em 1916, onze anos após o incidente acima.
 
Seção 6: Como é que progrediremos?
O progresso é essencial para vivermos a vida eterna. A Vida mortal aparece e desaparece na mortalidade (CS26). O escrito profético na citação B19 compara a compreensão do alvorecer do poder e da presença do Cristo na terra com a luz dos sete dias da criação juntos. E a citação B20 fala da luz que vem de dentro de cada um nós, em nossa consciência, e não brilhando sobre nós. Isto reforça mais as afirmações anteriores de que Deus, a Vida quer nos fazer entender a nossa semelhança com Ele. Conhecer esta verdade (B21), de que a nossa vida é a vida de Deus refletida, nos ajuda a deixar para trás as sugestões do sentido mortal (CS25). O título marginal para citação CS 28 é um dos que nós poderíamos muito bem orar todos os dias e fazermos a pergunta: "Estarei vivendo a vida que se aproxima do bem supremo? Estarei demonstrando o poder curativo da Verdade e do Amor? Se assim for, então o caminho se tornará cada vez mais claro ‘até ser dia perfeito’.” Esta é a condição de Deus “para o progresso" e é a nossa grande alegria e um privilégio!

Este estudo metafísico foi preparado por Kerry Jenkins, CS, House Springs, MO, (314) 406-0041
[Comentários entre colchetes: Warren Huff, Diretor do Acampamento dos Cedros e Editor dos estudos metafísicos]

A equipe de tradução para o português é composta por Dulcinea Torres, Leila Kommers, Elisabeth Z. Friedrichs e Ovídio Trentini, com a leitura final por Orlando Trentini, CSB.

Visite o saite www.trentinicsb.com  Ali encontrará esta tradução e as anteriores para estudo, para baixar e partilhar com seus amigos. “Obrigada por compartilhar os relatos maravilhosos. Realmente, o site é uma bênção.”

Os estudos metafísicos dos Cedros sobre o estudo diário da Lição Bíblica da Ciência Cristã, contendo ideias de aplicação metafísica, são oferecidos, durante todo o ano, para que os amigos da Ciência Cristã vejam e demonstrem o grande valor do estudo diário da LB. Os Cedros são um complemento para a LB. O estudo em inglês será postado, no link abaixo, na 2a. feira. Sua tradução para o português será postada até a 3ªfeira.  Busque e leia o texto em inglês em  http://www.cedarscamps.org/metaphysical

Metaphysical

Recognize Mind, God, as the source of all good and all understanding! - Whenever — for...
Latest Lesson Application Idea

Newsletters

Get free weekly uplifting newsletters (available in English, Spanish, French, German and now in Portuguese!)
Subscribe or Update Subscription

Facebook

Find CedarS on Facebook for the latest news, heart-warming fruitage, facility upgrades and more!
Go to the CedarS' Facebook Page