Cedar Camps

Metaphysical Ideas

Search Metaphysicals
 

Metaphysical Newsletters

The weekly Metaphysical Newsletter is provided to campers, staff, alumni, friends and the CedarS family at no charge however contributions help defray the costs of running this service.

Click here for more about how you can provide support!
 

Delivered to You FREE!

Available in five languages, get it delivered to your inbox weekly!

Subscribe Now!

Vivamos no Reino, agora e para sempre. Estudo Metafísico do Acampamento dos Cedros - Tema: Provação após a morte.

Rick Stewart, C.S., Dresden, Germany
Posted Monday, April 21st, 2014

CIÊNCIA CRISTÃ - LIÇÃO BÍBLICA

“Vivamos no Reino, agora e para sempre.”

Estudo Metafísico do Acampamento dos Cedros

Uma ajuda para o estudo da Lição Bíblica

Tema: PROVAÇÃO APÓS A MORTE

De 21 a 27 de abril de 2014

Abreviações: Bíblia – B; Bíblia na Nova Tradução na Linguagem de Hoje – NTLH;
Ciência Cristã – CC; Ciência e Saúde – CS; Lição Bíblica – LB

Texto Áureo - "[...] O tempo está cumprido, e o reino de Deus está próximo; Arrependei-vos e crede no evangelho" (Marcos 1:15). 
    Cristo Jesus começou o seu ministério com uma afirmação ousada. Essa maravilhosa e poderosa promessa é o tema principal para Lição Bíblica desta semana. E essa afirmação nos dá a chave de como podemos viver nossa vida na ciência da vida, saudável, harmoniosa, imortal e eterna. Esta é a boa nova (evangelho) que Jesus proclamou e provou.
    Viver em uma Ciência requer algo de cada um de nós. Cada um de nós tem que se esforçar para largar os erros e ficar com as leis da Ciência. Por exemplo: Os erros a seguir pertencem à ciência da matemática? 1+1=3. 2+2=5. Claro que não. E para demonstrar corretamente as regras da matemática, você tem que estar disposto a apagar o erro e escrever a verdade. Simples: 1+1=2, 2+2=4. Cumprir a verdade e apagar os erros é algo que todos nós somos capazes de fazer.
    E podemos ser muito gratos de que o "Caminho" para viver na Ciência da Vida esteja claro nesta LB e na vida de nosso Mestre, Cristo Jesus.
Leitura Alternada 2. Pedro 1: 2-7, 10, 11, 19.  Nos mostra como podemos viver de uma forma que nos traz para dentro do reino. E este é um reino que é demonstrado através de vida, não de morte. Como 2Pedro 1:10, 11 diz: "[...] irmãos, procurai, com diligência cada vez maior, confirmar a vossa vocação e eleição; porquanto, procedendo assim, não tropeçareis em tempo algum. Pois desta maneira é que vos será amplamente suprida a entrada no reino eterno de nosso Senhor e Salvador Jesus Cristo.”

Seção 1: O que você pensa, tem importância!
    Bem, como já perceberam, vários 1+1=3s vai prejudicar a nossa nota em nosso teste de matemática. E o mesmo vale para o pensamento errado em nosso teste sobre a Ciência da Vida.
    A Citação B3 declara: "As pessoas que têm a mente controlada pela natureza humana acabarão morrendo espiritualmente; mas as que têm a mente controlada pelo Espírito de Deus terão a vida eterna e a paz. Quem é controlado pela natureza humana, é materialista” (Romanos 8:6, NTLH). Esta seção ilustra claramente o tipo de pensamento que nos leva a este Reino da Vida, o Reino dos Céus aqui e agora.
    A Citação CS4 encoraja: "Que o altruísmo, a bondade, a misericórdia, a justiça, a saúde, a santidade, o amor - o reino dos céus – reinem em nós, e o pecado, a doença e a morte diminuirão até que finalmente desapareçam” (CS, 248).
    Lembro-me de uma coisa que eu aprendi na segunda série. No início do ano letivo, eu ficava doente todos os dias. Eu tinha dor de barriga. De verdade! Eu ia para a enfermaria da escola e a diretora ligava para minha mãe que estava em casa. Algumas vezes eu precisei ir para casa. Mas, à medida que minha mãe orava sobre isso, ela começou a perceber que algo mais devia estar acontecendo. Minha mãe percebeu que eu não estava confortável com a minha nova professora.
    Ela parecia um gigante para mim! Ela era muito maior que a minha professora da primeira série e ela era bastante rigorosa também. Pode-se dizer que ela "me deixava doente". Mesmo uma criança de seis anos de idade, pode, por vezes, encontrar uma maneira de fugir do erro para não enfrentá-lo.
    Minha mãe e a diretora da escola eram muito amigas e de longa data, por isso mamãe disse para a diretora: "Margaret, por favor, não mande o Ricky para casa novamente, por motivo de dor de barriga. Vou orar sobre isso."Mamãe orou e também me ajudou a ver as boas qualidades em minha nova professora, Ruth Urqhart.
    E adivinhem o que aconteceu? Em poucos dias, eu não ficava mais doente. Passei a amar a sra. Urquhart. Era uma grande professora que permitia que cada aluno explorasse aquilo que eles amavam. Ela deixou que eu e outros colegas adiantássemos algumas etapas em matemática. Acabamos fazendo os exercícios dos livros de matemática até da sexta série!
    E adivinhem o que mais? A sra. Urqhart acabou sendo minha professora da segunda, quarta e sexta séries. Graças ao trabalho de cura da minha mãe em mudar meu pensamento eu fiquei "no céu" todos esses anos. Se eu não tivesse mudado o meu modo de pensar, onde eu  estaria?

Seção 2: Bate, bate, batendo à Porta do céu
    Na citação B-7, lemos que Jesus comia com publicanos e pecadores (Mateus 9:1,10-13). E a opinião de muitos era de que os cobradores de impostos (publicanos) e os pecadores eram a mesma coisa. Publicanos, ou cobradores de impostos, eram vistos como traidores, porque trabalhavam para Roma. E já que eram muitas vezes corruptos, acabavam sendo ainda mais desprezados. Mas vocês se lembram do que aconteceu quando Jesus comeu com Zaqueu, o cobrador de impostos? Jesus inspirou Zaqueu a se arrepender e virar uma nova página na sua vida. Jesus foi gentil incentivando, apoiando, sendo magnânimo no seu amor. E ele inspirou essas mesmas qualidades em Zaqueu.
    Esta seção inclui uma referência a Jesus como "a porta". Na citação B8 Jesus diz: "Eu sou a porta. Quem entrar por mim será salvo; poderá entrar e sair e achará comida. Eu vim para que tenham vida, e vida em abundância" (João 10:9,10).
    Pensemos o quanto incentivador deve ter sido para o cobrador de impostos  jantar com Jesus. Quase todo mundo o desprezava. E aqui o Sr. Magnânimo (Jesus) estava lá para levantá-lo. Nada é tão inspirador como alguém que amplia o nosso bem. Esse tipo de estímulo, muitas vezes inspira alguém para fazer a coisa certa. E isso pode ser literalmente a "porta" para uma nova vida.

Seção 3: Vida Eterna: uma provocação ou um fato?
    Na citação B11, lemos que um advogado se levantou e "tentou" Jesus. "Mestre, que farei para herdar a vida eterna?" (Lucas 10:25-28). Jesus pediu-lhe para resumir o que a lei e o homem diziam: "Amarás o Senhor, teu Deus, de todo o teu coração, de toda a tua alma, de todas as tuas forças e de todo o teu entendimento; e: Amarás o teu próximo como a ti mesmo. "Jesus aprovou e disse: "Faze isto e viverás."
    Esta nota interessante aparece na "My Bible Lesson" desta semana da Sociedade Editora da Ciência Cristã, "A vida eterna foi geralmente considerada além do alcance humano, por isso a pergunta do advogado pode ter sido um tanto sarcástica. As leis a que o homem se refere são do Antigo Testamento (Deuteronômio 6:5 e Levítico 19:18), onde elas estão associadas com a paz e a prosperidade terrena, ligando-as com a vida eterna. Jesus mostra que elas são mais do que regras de bom comportamento, mostrando o seu significado mais profundo. As citações poderosas de CS11 e CS15, deixam claro que a "vida eterna" não é apenas uma possibilidade, mas um imperativo.

Seção 4: Progresso, o desdobramento da Vida.
    Esta seção é uma candidata perfeita para o que eu gosto de chamar o método "balinhas de caramelo” para o estudo da Bíblia. São docinhas, deliciosas e cremosas. Não é possível mastigá-los. Elas precisam se dissolver lentamente na boca. Aos poucos, toda a doçura e o sabor são seus.
    É como o desenvolvimento das Lições Bíblicas semanais da CC. No início do movimento da CC, MB Eddy utilizou uma série da lição bíblica Internacional que já estava sendo publicada. Em seguida passo a passo nosso próprio sistema atual se desenrolava. Um comitê inspirado da LB desenvolve cada Lição Bíblica utilizando os 26 elementos que Eddy configurou. Estas lições são estudadas durante toda a semana e, na sequência, lida como um sermão no domingo. O local e o tempo para que ideias se desdobrem individualmente é maravilhoso.
    Assim como a parábola compartilhada na citação B14, Lucas 16:19-21, 22-26, Jesus contou uma história de um mendigo doente, Lázaro, e um homem rico sem nome. O mendigo sofredor acabou morrendo e encontrou uma existência confortável. O homem rico que tinha vivido uma existência material indulgente também morreu e sofreu depois no inferno.
    Quando eu li esta parábola a alguns dias atrás eu pensei, "Oh, isso vai ser uma seção difícil de entender. "Então, esta manhã, acordei com uma visão interessante. Em primeiro lugar, esta não é uma ocorrência histórica. É uma parábola, uma história contada para ensinar uma lição. Vi que ao homem rico não foi dado um nome. Ele era completamente alheio ao sofrimento ao seu redor, indulgente, egocêntrico e arrogante. Mesmo quando estava pedindo a ajuda de Abraão, ele se expressou assim: “Manda a Lázaro que molhe em água a ponta do dedo e me refresque a língua”. Mesmo no inferno esperou que Lázaro o servisse.
    Lembre-se que Jesus nos ensinou o contrário. Devemos ser como servos. Não devemos ser indiferentes, agindo como gatos gordos esperando que os outros nos sirvam. Devemos de forma humilde e amorosa, pensar nos outros para servi-los. O homem rico não tinha progredido em sua compreensão do segredo da vida. Portanto, simplesmente morrer não o levou ao paraíso. A morte em si não acrescenta nada a nossa forma de pensar.
    As citações CS16 a CS21 CS trazem grandes ideias/insights. "A morte não é um meio pelo qual se passa para a Vida... (203:24) "O progresso nasce da experiência. É a maturação do homem mortal [...] o sofrimento ou a Ciência tem de destruir todas as ilusões relativas à vida e à mente e regenerar o sentido e o eu materiais [...]" (296:4). "O pecador croa seu próprio inferno, fazendo o mal, e o santo, o seu próprio céu, fazendo o bem" (266:20).
Será interessante ouvir o que se desdobra para você durante essa semana!

Seção 5: A Vida não conhece a morte!
    Os ensinamentos da CC são fundamentados na Bíblia, por isso veem a morte como um inimigo a ser superado, não como um pré-requisito para a Vida eterna. Veja as citações B17, 1 Coríntios 15 e CS24, p 305.
    Só porque o mundo liga toda cada vida humana com uma morte eventual, nós não temos também de fazer isso?
    Eddy escreve: “A Bíblia chama a morte de inimiga, e Jesus venceu a morte e a sepultura, em vez de ceder a elas. Ele era "o caminho". Para ele, portanto, a morte não era o limiar que lhe era preciso atravessar para entrar na glória viva” (CS25, 39:13).

    É claro que a demonstração individual desses fatos é um trabalho em progresso, uma demonstração contínua, da mesma forma que a matemática para um aluno iniciante.
    Alguns anos atrás, organizei um safári de surfe na Costa Leste dos EUA. Estávamos entre 10, acampando e surfando. Acampamos nos Outer Banks (sequência de estreitas ilhas em forma de barreira) na Carolina do Norte. E uma pessoa em nosso grupo era um jovem alemão oriental. Ele era muito amável e gentil. Mas em um determinado momento, ele pegou uma concha e jogou em um bando de gaivotas. Ele achava que as assustaria e elas voariam para longe, mas a concha atingiu uma gaivota no pescoço e pareceu quebrá-lo.
    Johannes ficou transtornado de pesar e remorso. Quando chegamos até a ave, peguei-a em minhas mãos e fechei-lhe as asas, numa posição normal. Sentamo-nos. Coloquei-a no meu colo e disse a Johannes que tudo ia ficar bem. Eu sabia que ele não queria machucar ninguém.
    No início, fiquei tentado fechar os olhos e orar. Em seguida, veio-me o pensamento de que ninguém deveria ser excluído e, assim, orei com os olhos bem abertos. Conforme orava, parecia que a ave morria silenciosamente em minhas mãos. Nesse ponto, deparei-me afirmando que Deus era minha Vida, a única Vida. E, essa vida, nunca está sujeita às condições mortais. Nunca está sujeita a acidentes ou ferimentos. Passaram-se alguns minutos. Fiquei observando enquanto a ave abria novamente os olhos. Seus olhos brilharam com luz e Vida e ela olhou diretamente para mim, sem medo. Abri minhas mãos, que a seguravam gentilmente, e Johannes e eu a olhamos enquanto ela voava e unia-se ao bando. Foi um momento muito sagrado.

Seção 6: Somos os filhos do Reino da Vida.
    Paulo escreveu aos cristãos tessalonicenses: “como pai a seus filhos, a cada um de vós, exortamos, consolamos e admoestamos, para viverdes por modo digno de Deus, que vos chama para o seu reino e glória” (B20, 1 Tessalonicenses 2:11, 12). A mensagem de Paulo é atemporal, eterna. Não só fala aos primeiros cristãos na Grécia. Ela fala também a você, a mim, a todo o aluno sincero da Ciência da Vida. Não importa quem somos ou onde estamos. Somos os filhos de Deus, os filhos da Vida. Estamos para sempre no Seu reino da Vida.
   A seção 6 da LB é como uma celebração gloriosa desse fato [e da visão de um novo céu e uma nova terra, aqui e agora.] Essa visão pode ser vislumbrada por nós como um fato, da mesma forma como o Revelador, São João. Veja as citações B23, Apocalipse 21:3-6 e CS 28 e 29.
     Minha família e eu estamos passando uma linda semana no Parque Nacional Mecklenburg-Vorpommern perto de Darf Zingst (Alemanha), e somos constantemente lembrados da beleza da Vida manifestada ao nosso redor. Milhares e milhares de pássaros migratórios seguem uma voz interna que os guia para uma nova manifestação da Vida.
    Ontem, eu me regozijei com Horst, o caseiro da casa de férias, onde estamos hospedados, quando ele nos contou novamente a cura de seu filho, Stefan, da leucemia. Ele contou do dia em que caminhou até o quarto de seu filho, já adulto, e mal pôde acreditar na transformação. Perguntou maravilhado ao médico “Que remédio deu a ele?” O médico respondeu “Não temos nada que compare com o medicamento que ele recebeu hoje.”
    Assim, o médico falou sobre a visita de duas horas feita por uma jovem que trabalhava no escritório do filho de Horst. O médico reconheceu que nada se comparava com a medicina do amor verdadeiro. E que o Amor que tinha restaurado a vida de um filho adorável era agora radiantemente expresso através das netas de Horst, Sophi e Clara!
    E o Reino da Vida continua com o anúncio por e-mail do nosso amigo Rodger Glokpor, CS, em Togo, África Ocidental (rodgerglokpor@yahoo.fr): “Rick, recebi notícias dA Igreja Mãe que, em 15 de abril, fui aprovado como praticista listado no Journal e no Arauto  (francês).” (Rodger está ajudando a compartilhar esses Estudos Metafísicos do CedroS com nosso campo da língua francesa através de seu trabalho de tradução voluntário!). Sua meta, “Quero curar, curar, curar.”
    Quando você ler essa última seção de nossa LB você compreenderá que “O Teu reino já veio; Tu estás sempre presente” (CS16:31).
E essa compreensão vale para todo mundo, para todo lugar. Nós, na Europa, estamos orando conscientemente para todos na Ucrânia, nesse momento. Meu filho, Noah, compartilhou que ouviu nos noticiários dessa manhã que muitos na Ucrânia uniram-se para seu feriado favorito, a Páscoa. Uma família orou ontem pelo retorno seguro do pai, um oficial da Força Aérea, que estava servindo na Crimeia. Eles regozijaram quando ele chegou em casa de trem. [Nós, nos Estados Unidos, nos unimos em oração pela paz mundial e pela justiça, também pela harmonia na maratona de Boston de hoje. Oramos para que, em Boston, e por todo o globo, um dia depois da celebração da ressurreição da Páscoa, a Vida demonstrará com força a vitória sobre todo o cenário de terrorismo e morte.]
Eddy nos encoraja: “[...] podemos nos conscientizar, aqui e agora, de uma cessação da morte, da mágoa e da dor. Essa é uma antecipação da Ciência Cristã absoluta. Crie coragem, querido sofredor, pois essa realidade do ser aparecerá em algum momento e de alguma maneira. Não haverá mais nenhuma dor e todas as lágrimas serão secadas. Ao ler isso, lembre-se das palavras de Jesus: "O reino de Deus está dentro de você" (CS29, 573:3).
É chegado o Reino da Vida! 
___________________________________________________________
Este estudo metafísico foi preparado por Rick Stewart, CS, Dresden, Alemanha  Telefone +49 351 312 4736
A equipe de tradução para o português é composta por Elisabeth Z. Friedrichs, Leila Kommers, Dulcinea Torres, e Ovídio Trentini, com a leitura final por Orlando Trentini, CSB.
Visite o saite www.trentinicsb.com. Ali encontrará esta tradução e as anteriores para estudo, para baixar e partilhar esse copo de água fresca com seus amigos.
Os estudos metafísicos dos Cedros sobre o estudo diário da Lição Bíblica da Ciência Cristã, contendo ideias de aplicação metafísica, são oferecidos, durante todo o ano, para que os amigos da Ciência Cristã vejam e demonstrem o grande valor do estudo diário da LB. Os Cedros são um complemento para a LB. O estudo em inglês será postado, no link abaixo, na 2a. feira. Sua tradução para o português será postada até a 3ªfeira. Busque e leia o texto em inglês em http://www.cedarscamps.org/metaphysical.

Metaphysical

Wake Up from the Dream to Reality! - Are you a prophet? A spiritual seer? A prophet is someone...
Latest Lesson Application Idea

Newsletters

Get free weekly uplifting newsletters (available in English, Spanish, French, German and now in Portuguese!)
Subscribe or Update Subscription

Facebook

Find CedarS on Facebook for the latest news, heart-warming fruitage, facility upgrades and more!
Go to the CedarS' Facebook Page