Cedar Camps

Metaphysical Ideas

Search Metaphysicals
 

Metaphysical Newsletters

The weekly Metaphysical Newsletter is provided to campers, staff, alumni, friends and the CedarS family at no charge however contributions help defray the costs of running this service.

Click here for more about how you can provide support!
 

Delivered to You FREE!

Available in five languages, get it delivered to your inbox weekly!

Subscribe Now!

Deixe o Cristo revelar sua verdadeira história e apague a história falsa de que você perdeu o “paraíso”. Estudo Metafísico do Acampamento dos Cedros - Tema: Adão e o homem decaído.

Kathy Fitzer, St. Louis, MO & Park City, UT
Posted Monday, May 5th, 2014

CIÊNCIA CRISTÃ - LIÇÃO BÍBLICA

Deixe o Cristo revelar sua verdadeira história e apague a história falsa de que você perdeu o “paraíso”

Estudo Metafísico do Acampamento dos Cedros

Uma ajuda para o estudo da Lição Bíblica

Tema: ADÃO E O HOMEM DECAÍDO
De 05 a 11 de maio de 2014

Abreviações: Bíblia – B; Bíblia na Nova Tradução na Linguagem de Hoje – NTLH;
Ciência Cristã – CC; Ciência e Saúde – CS; Lição Bíblica – LB
Nesta semana vamos escolher qual versão da criação queremos aceitar: Gênesis 1 ou Gênesis 2. É interessante reparar nos contrastes marcantes entre a verdade absoluta do primeiro capítulo do Gênesis e a falsidade do segundo capítulo. O primeiro capítulo descreve a criação perfeita da Mente. O segundo é o ponto de vista humano inverso, adulterado pela crença material. O segundo capítulo foi escrito primeiro. Mas, quando o pensamento foi iluminado, a verdade do primeiro capítulo foi reconhecida. Cristo Jesus ensinou e demonstrou a vida baseado nesta história verdadeira. Como resultado, somos livres para rejeitar todas as complicações da fábula da criação material e permanecer com os fatos - Deus perfeito, homem perfeito!
Texto Áureo: 2 Coríntios 11:3 – “... receio que, assim como a serpente enganou a Eva com a sua astúcia, assim também seja corrompida a vossa mente e se aparte da simplicidade e pureza devidas a Cristo.”
Oremos por nós e toda a humanidade como Paulo orou pelo povo de Corinto, esse pensamento não pode ser corrompido (mudado) da simplicidade (qualidade de ser facilmente compreendido ou feito) que está em Cristo. Saibamos que não podemos ser ludibriados (desviados) como foi Eva. A luz do Cristo possibilita-nos a ver, e evitar, a sutil armadilha do "falar da serpente".
Leitura Alternada: Gênesis 3:1-6, 13;   1 Coríntios 3:18,23;   Gênesis 1:27
A história diz que Eva sucumbiu à sugestão da serpente de desobedecer a ordem simples de Deus: não comam da árvore da vida que está no centro do jardim. Por acaso fazemos como Eva e às vezes sabemos o que é "certo" fazer ou o que é correto pensar, mas somos desviados do caminho correto? E às vezes puxamos outros conosco? Ou como Adão, seguimos sem pensar? Acaso somos condenados a viver uma vida numa montanha-russa – pra cima e pra baixo - de decisões certas/erradas? Não, se nos reportamos à Verdade original e simples demonstrada por Cristo Jesus e perenemente comunicada a cada um nós pelo Cristo. O homem é feito à imagem de Deus e nunca pode decair desse estado elevado! Chamou-me a atenção a declaração de Paulo: "Ninguém se engane a si mesmo". A palavra traduzida como "engane" vem do grego exapatao, e significa seduzir/iludir e enganar. Eva admitiu ter sucumbido à sugestão da serpente que a seduziu, ou desviou do caminho. Admitir que alguém possa desviar-nos do caminho é o mesmo que dizer que nosso domínio possa ser tomado de nós, tornando-nos sujeitos ao contágio tanto quanto à pressão alheia. Mas Paulo põe o controle de nosso pensamento (e experiência) de volta a nós. Estejamos alertas para não nos desviarmos do nosso próprio caminho. Em vez disso, vigiemos o pensamento! Identificando-nos com coerência e veemência com o Cristo, como imagem de Deus descrita em Gênesis 1, inseparáveis de Deus, permaneceremos no caminho. Nada pode nos sequestrar o pensamento bom e verdadeiro!
Seção 1: Quem és  tu?
Depois que Adão e Eva caíram no truque da serpente, tentaram esconder-se de Deus.  Talvez tivessem percebido a confusão em que se meteram! Sentiam-se vulneráveis (nus). Sentiam as consequências de seus atos e responderam com desculpas ao serem “flagrados”, jogando as culpas um no outro (B1). Acho que a maioria de nós já esteve em situações em que respondemos com desculpas. Eu sei que eu já estive. Paulo mais uma vez corrige esse pensamento equivocado. Diz aos Gálatas para que não sejam enganados. Quando aceitamos um falso senso de Deus como criador de um universo material, perdemos de vista de vista a natureza correta do homem feito à imagem de Deus! Não caiamos nesse truque! Você é o filho de Deus... e por isso herdeiro do Espírito! Você ganhou o domínio. O livro Ciência e Saúde nos assegura que quando discernimos (reconhecemos) esse fato e percebemos nosso mundo de acordo com o Cristo, a Verdade, em vez da matéria inconstante, seremos capazes de usar a Ciência (uma compreensão correta da Vida) como a chave que reabre as "portas do Paraíso" à consciência humana. Nós simplesmente temos de volver das sugestões das crenças humanas que furtivamente sempre aparecem. Lembrem-se, uma sugestão nunca nos pode OBRIGAR a fazer algo. Quando assumimos a responsabilidade por nossos pensamentos, quando sabemos quem Deus nos fez ser, quando seguimos a Verdade, e quando recusamos cair em mentiras ou nos justificamos por um deslize, podemos usar a chave da Ciência para abrir as portas e entrar!
Seção 2: O conflito é resolvido por meio do Cristo – Escolha a inteligência espiritual
Muitas vezes ouvimos que os conflitos são parte da vida. As disputas/lutas como no Oriente Médio, acontecem há gerações e não há muita esperança para a resolução. Esta crença no conflito não começou com uma falsa sensação de criação baseada na matéria, uma concepção errada da natureza de Deus, conforme descrito no capítulo 2 do Gênesis? Aqui, a serpente (sentido material) e a humanidade são condenadas à maldição eterna e ao conflito (B5). E essa sentença parece continuar sendo o veredicto para o nosso mundo de hoje. Mas, não podemos ser levados a acreditar nessa história! Jesus veio para revelar a verdade da criação de Deus como abençoada - cheia de vida. Aprendemos com o apóstolo Paulo que "o pendor da carne dá para a morte; mas o pendor do Espírito é vida e paz". A palavra grega traduzida como "carnal" é sarx. Refere-se à "natureza humana com as suas fragilidades". Por outro lado, a expressão "mente espiritual" vem da palavra grega pneuma - "sopro, a natureza espiritual Cristo ou o Espírito Santo” (Strong, B6).
Então, ser enganado por aquilo que parece ser a natureza humana é uma resignação à morte. Mas, Deus é Amor, cuja natureza não é destruir, mas salvar. Assim, o Cristo vem à consciência humana como o sopro da Vida, anulando a sentença de morte (B7 e B8). Não importa o quão alto o testemunho de conflito grite, nada pode separar nenhum de nós do amor de Deus... o AMOR que está em Cristo, expresso por Jesus (B9). Eu geralmente penso em Cristo em conexão com a Verdade e a luz. Mas, eu vejo aqui a conexão clara de Cristo como a expressão do AMOR... o antídoto perfeito para o conflito e a maldição. Temos que continuar mantendo pensamentos Espirituais e, assim, destruir as crenças materiais (CS8). O conflito só pode ocorrer se mais de uma entidade estiver presente. A mente carnal realmente não tem origem - nem presença - na totalidade de Deus. Quando permitimos que a Ciência divina (verdade demonstrável) destrua toda a fé na natureza humana e métodos de materiais, o conflito aparente, conhecido como pecado, doença e morte desaparecerá (CS10). Vamos optar por rejeitar a "história de conflitos"! Deus nos fez para sermos inclinados ao Espírito. Cristo está aqui, revelando o amor de Deus.
Seção 3: A perfeição, sem pecado, é nosso direito inato
Esta seção desenvolve mais plenamente a ideia de que Cristo salva a humanidade "da lei do pecado e da morte" (B10). A palavra traduzida como lei vem de uma raiz grega primária, nemo, que significa dividir, como numa pastagem para animais. Gostei muito de pensar na "lei do Espírito da vida em Cristo Jesus" como uma mesa posta diante de nós, da qual estamos continuamente sendo alimentados com pensamentos deliciosos e saudáveis que levam a decisões claras e atividades produtivas. Tal disposição fabulosa certamente deve erradicar qualquer opção menor (a lei do pecado e da morte) - permanentemente! Melhor ainda é perceber que esta disponibilidade do bem não pode ser interrompida quando percebemos nossa natureza como filhos/herdeiros de Deus. Assim como uma planta inclui apenas a natureza da semente que lhe deu origem, assim o homem - que vem da "semente" de Deus - só pode expressar a natureza de Deus.
A palavra grega hamartano, pecar, é "errar o alvo". Mas, não importa quantas vezes possa parecer que erramos, precisamos entender que nossa natureza é tão perfeita como a natureza do nosso Pai. Então sabemos que o alvo (ou objetivo) pode ser atingido - e nós nos esforçamos para isso. Temos que ter cuidado para não confundir perfeccionismo humano com perfeição divina. O primeiro não é atingível, o último é. Lembrei da história da águia que foi criada em um galinheiro. Aquela águia acreditava que era uma galinha - mas ela nunca foi! Quando o fazendeiro lhe mostrou que ela era realmente capaz de voar, ela voou com toda sua capacidade. Aparentemente, vivendo no reino da "natureza humana", tendemos a aceitar limites mortais e a discórdia como parte da vida. Mas, Cristo e a Ciência Cristã nos mostram que somos na verdade a expressão perfeita de Deus perfeito. Com este conhecimento, podemos voar - como a águia!
Seção 4: Recuse-se a comer o fruto da árvore do conhecimento.
Como dissemos anteriormente, o Senhor Deus deu uma ordem simples... coma à vontade os frutos de todo o bem que eu dei. Apenas não coma o fruto da "árvore do conhecimento do bem e do mal". E Ele mesmo explicou por que: da árvore do conhecimento do bem e do mal não comerás; porque, no dia em que dela comeres, certamente morrerás (B17). Deus nos diz que à medida que O ouvirmos e obedecermos teremos a certeza de que a vida e a saúde são nossas (B16). Então, como é esta "árvore" que faz com que a mente mortal nos tente a comer dela, hoje em dia? Vamos dar uma boa olhada na definição de Eddy "conhecimento". Segundo ela, devemos evitar absorver (comer) tudo o que os cinco sentidos materiais nos dizem ser bom, bem como todas as teorias e opiniões humanas que não tiverem origem divina (CS16). Este tipo de conhecimento está em constante mutação, por isso não pode ser confiável. O que é considerado saudável num ano é insalubre outro. "As enfermidades multiplicaram-se desde que as teorias materiais, feitas pelos homens, tomaram o lugar da verdade espiritual” (CS17). Assim, ao invés de tentar manter-se atualizado com as mais recentes "autoridades" sobre o que comer e como se exercitar e quais doenças temer, rejeite toda falsa imagem e cada opinião humana (independentemente de quão "científica" se diz ser ) e veja o que a Mente divina tem a dizer! A Mente conhece apenas o bem e podemos contar com ela para nos guiar! Mantenha-se fiel à verdade de Gênesis 1, em vez de o equívoco de Gênesis 2.  A Vida é a recompensa!
Seção 5: Sintonize na mensagem
Deus está continuamente nos dizendo quem somos e o que está realmente acontecendo na Vida. A pergunta tem sido sempre: estamos ouvindo a mensagem ou estamos sendo mesmerizados pela estática? Quando ligamos o rádio e ouvimos estática, sabemos que a transmissão está se perdendo. O problema é que ou estamos muito longe para receber o sinal ou não sintonizamos de maneira correta. Jesus apareceu numa forma humana para que pudéssemos ouvir claramente a mensagem do Cristo e ver os efeitos da consciência Cristo. Essa mensagem da Verdade ainda está sendo comunicada por Deus e os efeitos sanadores ainda podem ser sentidos. A mensagem é basicamente de que o homem é correto, completo e perfeito. Mas, o pensamento mortal, baseando a vida na fábula de Adão, criou toda sorte de subenredos (invenções) que tentariam desviar o pensamento e tirar o homem do seu bom caminho (B19 & B22). Assim, como vamos conseguir  retornar ao nosso caminho? Considere a analogia da estática do rádio. Primeiro, mova o pensamento para perto de Deus e longe da interferência das teorias mortais de saúde. Não é suficiente apenas “ignorar” as teorias. Para corrigi-las é preciso sintonizar seu dial do pensamento. Assumir e reconhecer de onde vem sua ajuda. Como aprendemos da experiência do dispéptico, não precisamos honrar as leis de saúde com relação ao alimento e exercícios. Ao invés disso, precisamos exercitar nosso “[…] domínio sobre os peixes do  mar, sobre as aves dos céus, sobre os animais domésticos […]”.
Podemos sentar e comer de tudo o que for colocado à nossa frente e não temer as consequências de nossas atividades, desde que ouçamos as diretrizes de Deus com relação ao que fazemos e o quanto fazemos de tudo aquilo que estamos envolvidos (alimento, exercício, trabalho, socialização, etc.) e participamos (CS26 & CS27).  Um ponto importante nos ensinamentos de Jesus era a presença do “reino de Deus” dentro em nós. Porque a Verdade e o Amor reinam em nós, não há espaço para uma reação a qualquer coisa acontecendo “externamente” (CS24). Sintonize-se em ser o filho de Deus e você irá perceber que jamais poderá ser expulso do “paraíso”.
Seção 6: Redenção completa por meio da compreensão de nosso relacionamento com Deus.
A chave para a liberdade das limitações da crença material (da maldição de Adão) é compreender quem somos como filhos e filhas de Deus! Embora os filhos de Israel estivessem sendo obstinadamente desobedientes, naquela época, Deus falou por meio do profeta Isaías para reafirmar a natureza verdadeira deles como sendo da maneira como Ele os criou para ser: SEUS filhos. Deus reafirma Seu amor e explica que o homem foi feito para demonstrar a natureza de Deus (B23). Como Eddy coloca: “O homem é a expressão do ser de Deus” (CS28). Uma expressão de alguma coisa não pode ser separada do original. A expressão da face de alguém não pode ser separada de sua face. Ao invés disso, ela mostra o que a pessoa está pensando. Como expressão da Mente, o homem revela o que a Mente está pensando. Há uma Mente e uma expressão – um homem! O segredo é realmente compreender isso e não ser ludibriado pelo que aparenta ser muitas mentes e vida material. Há apenas UMA Vida e nós iremos vivenciá-la na proporção em que nos identificamos com a história da criação que consta em Gênesis 1 e rejeitamos a fábula do homem criado na matéria e propenso a um pobre discernimento e julgamento. Que mensagem adorável temos de nosso pastor: o amor de Deus é capaz de nos impedir de cair e nos apresenta como infalíveis (como Deus nos fez) (B24). O homem REAL “era e sempre será perfeito”, porque a imagem de Deus deve ser “perfeita e semelhante a Deus” (CS30). Nós somos o “homem real”. Não HÁ outro homem, porque Deus não poderia criar algo oposto a Ele mesmo. Qualquer coisa que se opõe a esse fato  simplesmente não existe. Nosso trabalho é não sermos enganados, sabendo que o homem não pode ser enganado. Permanecendo focados no amor de Deus podemos determinadamente eliminar qualquer coisa – e todas as coisas – desagradável. Conheça-se a si mesmo como o filho de Deus, feito à Sua imagem e o Amor irá habilitá-lo a agir corretamente e a receber as bênçãos de Cristo, ao invés da maldição de Adão e Eva. Quando sua história parece estar mais próxima  de Adão e Eva ao invés de Jesus volte e lembre-se de quem você realmente é, e louve a Deus por tê-lo feito à Sua imagem.
_____________­­­­­­­______________________________________________
Este estudo metafísico foi preparado por Kathy Fitzer de St. Louis, MO e Park City, UT, EUA kathyfitzer@gmail.com - 314-323-4083. / A equipe de tradução para o português é composta por Dulcinea Torres, Elisabeth Z. Friedrichs, Leila Kommers e Ovídio Trentini, com a leitura final por Orlando Trentini, CSB. / Os estudos metafísicos dos Cedros sobre o estudo diário da Lição Bíblica da Ciência Cristã, contendo ideias de aplicação metafísica, são oferecidos, durante todo o ano, para que os amigos da Ciência Cristã vejam e demonstrem o grande valor do estudo diário da LB. Os Cedros são um complemento para a LB. O estudo em inglês será postado, no link abaixo, na 2a. feira. Sua tradução para o português será postada até a 3ª feira. Busque e leia o texto em inglês em http://www.cedarscamps.org/metaphysical

Metaphysical

Recognize Mind, God, as the source of all good and all understanding! - Whenever — for...
Latest Lesson Application Idea

Newsletters

Get free weekly uplifting newsletters (available in English, Spanish, French, German and now in Portuguese!)
Subscribe or Update Subscription

Facebook

Find CedarS on Facebook for the latest news, heart-warming fruitage, facility upgrades and more!
Go to the CedarS' Facebook Page