Cedar Camps

Metaphysical Ideas

Search Metaphysicals
 

Metaphysical Newsletters

The weekly Metaphysical Newsletter is provided to campers, staff, alumni, friends and the CedarS family at no charge however contributions help defray the costs of running this service.

Click here for more about how you can provide support!
 

Delivered to You FREE!

Available in five languages, get it delivered to your inbox weekly!

Subscribe Now!

O temor do Senhor é fonte de vida para evitar os laços da morte. Estudo Metafísico do Acampamento dos Cedros - Tema: Vida.

Kerry Jenkins, C.S., House Springs, MO
Posted Monday, January 12th, 2015

CIÊNCIA CRISTÃ - LIÇÃO BÍBLICA

“Bem-vindo às Lições Bíblicas da Ciência Cristã!

Deus é Tudo e Ele tem grande amor por toda a sua criação.  Esse fato e nosso amor por Ele, por nosso próximo e por nós mesmos, constituem a essência das Lições bíblicas.  Elas proporcionam um mergulho profundo nesse amor, e isso tem trazido cura, conforto, reforma e regeneração às pessoas há várias gerações.
Portanto, mergulhe profundamente você mesmo [no estudo] das Lições Bíblicas e no amor de Deus! À medida que o fizer e, especialmente, na proporção em que viver esse amor, dia após dia, até mesmo, momento a momento, você verá a cura e os benefícios que dela resultam, ajudando não só a você mesmo, mas a todos que cruzarem seu caminho.” (Livrete Trimestral da Ciência Cristã, p1)

O Acampamento dos Cedros preparou este Estudo Metafísico da LB para auxiliar na sua compreensão do estudo bíblico para o tema: VIDA

Este tema é estudado diariamente em 17 línguas, em todo o globo, de 12 a 18/01/2015

Abreviações: Ciência Cristã – CC; Ciência e Saúde – CS; Lição Bíblica – LB; Bíblias: King James – KJV; 
J.F.Almeida Revista e Atual. – JFA; A Mensagem – MSG; Nova Tradução na Linguagem de Hoje – NTLH;
__________________________________________
Texto Áureo | Provérbios 14:27
O temor do Senhor é fonte de vida para evitar os laços da morte.

Amigos do Cedars, por acaso algum de vocês já visitou Bennet Springs, Líbano, MO, (EUA)? Essa beleza da natureza está situada no Acampamento do Cedars. É uma fonte natural surpreendente e constitui a nascente do rio Niangua. Dessa fonte brotam cerca de 400 milhões de litros de água por dia. Eu nunca tinha visto uma fonte tão volumosa até que há alguns anos, levei meus dois filhos para acampar ao lado dessa fonte. Programei tudo para que pudéssemos ver o nosso filho mais velho Huck, no show equestre do Cedars na sexta-feira. E depois voltamos todos juntos para casa, no sábado.
É uma visão surpreendente! Fontes de água são uma maravilha. Elas derramam continuamente muita água, independentemente de seca severa ou apenas clima seco. Não admira que a Bíblia compara, as fontes de água pura brotando livres da terra, com a vida eterna. Tendo em mente o clima nas terras da Bíblia, que é desértico, uma fonte tão volumosa seria algo muito valioso de fato, capaz de sustentar vida à sua volta o ano inteiro. O Texto Áureo nesta semana nos diz que uma maneira de definir uma "fonte da vida" é como "O temor do Senhor". Quando buscamos em Deus a nossa sabedoria, orientação, compreensão da realidade (que é totalmente espiritual), encontramos a eterna fonte ou nascente de vida. E sabemos que a partir de estudo prévio da Bíblia, que a fonte aqui referida, não seria aquela onde jorra "água doce e amarga"! Esta é uma fonte que produz apenas o bem. É totalmente sem mistura. Ela é puro Espírito e expressão do Espírito.

Leitura Alternada | Salmos 133:3; Provérbios 8: 1, 6, 14, 17, 20, 22-25, 30, 32, 35
Aprendendo sobre Deus como sendo a Vida e Cristo como a expressão máxima da Vida, aprendemos sobre a imortalidade do homem. "Antes que os montes fossem firmados, antes de haver outeiros, eu nasci." Antes deste sentido material da criação, o homem, como ideia espiritual já existia. Como tal, nós somos Sua "alegria" diariamente. Essas ideias, a partir da Leitura Alternada, nos indicam a maneira de descobrir o que é a vida eterna e onde a encontramos. Sigamos esses passos e caminhos, essas formas de justiça e de juízo, pesquisando nas lições que nos são dadas na Bíblia, os mandamentos e as bem-aventuranças em particular, saberemos como devemos viver uma vida plena e verdadeiramente espiritual.

Seção 1: O que é e onde está a Vida?
"Porventura, não está Deus nas alturas do céu?” (B1). Para entender Deus, temos de colocar nossa consciência para além da matéria, para uma inspiração mais elevada. Não podemos compreender Deus/ a Vida, ou Sua criação, olhando para o interior da matéria. Sua criação é cheia de vida, é animada, é expressa individualmente (através do Espírito), e com identidade específica (refletindo Alma) e se comporta de acordo com a lei divina, expressando o Princípio. Estes são outros sinônimos para a Vida, Deus, e dão colorido e identidade para a criação. Tornam a nossa compreensão do homem mais vívida e verdadeiramente animada. A cor e a substância da verdadeira criação tornam-se mais claras para nós “Na medida em que se constata que uma base de vida material e teórica é um conceito errôneo sobre a existência...” (CS3).

Seção 2: Compreender o eterno Cristo ajuda-nos vislumbrar a imortalidade.
É importante não confundir a imortalidade com existência material infinita. Existência material é um falso conceito humano de vida. Não é real ou substancial, mesmo que possa parecer muito real para nós. Nunca houve vida dentro da matéria. A coisa boa sobre isso é saber que somos livres para aceitar o fato de que nunca pode haver morte na matéria. Algo que nunca viveu não pode morrer! A fonte de vida não inclui a vida material e a morte. Deus diz em (B5): "EU SOU O QUE SOU". Esta é uma declaração da existência verdadeira! E enquanto a lei aqui é contrastada em (B6) com a graça e a verdade que vieram com Jesus Cristo, fica claro também através dos ensinamentos de Jesus que a lei é essencial para encontrar a vida eterna em Deus.
Jesus usou essa lei, envolta em profunda compaixão e amor para com a humanidade e para com Deus, para trazer à vida o jovem, o "filho único" da viúva em (B9). Este "único", expressão única e individual da vida, foi revivido por Jesus que entendeu que as ideias de Deus são reflexos espirituais e eternos da Vida. Aprendemos em (CS14) que "... todos os fenômenos da existência" estão incluídos na declaração de Jesus sobre nunca ver a morte (B8). Em outras palavras, obter uma verdadeira compreensão da Vida tem uma aplicação prática em nossa experiência presente. Isso não significa que nós teremos uma existência material contínua, ao invés disso essa compreensão nos leva ao estado de consciência em que a mortalidade desaparece, e não há mais morte.
[P.S. #1 do Warren para a citação B9: Clique no link para fazer o download de uma cópia em PDF do comentário (en inglês) de Cobbey Crisler sobre Jesus ressuscitando o filho da viúva em Naim, Lucas 7:11-16 (o arquivo está no canto superior direito do MET original no site do CedarS).]

Seção 3: Eternidade vs. tempo.
Gosto muito deste pensamento sobre tempo e eternidade: A eternidade não é de fato muito tempo! A citação (CS15) nos diz: "A eternidade, não o tempo, é o que expressa a ideia da Vida, e o tempo não faz parte da eternidade. O tempo cessa na proporção em que a eternidade é reconhecida." E a citação (B12) nos fala que a vida eterna vem através de Jesus Cristo - não através da existência eterna da matéria ou do tempo. Ao pensar na citação (B13), fui tomada pelo pensamento de que talvez uma das razões pelas quais Jesus repreende o homem, que havia se dirigido a Jesus como "bom" é que Jesus está afirmando sua identidade, a única ideia possível, como sendo uno com a Vida/Deus. Nossa verdadeira individualidade origina-se do Espírito e é impossível descendermos da matéria. Assim nossa individualidade deve estar eternamente com Deus, todo o bem que ela possui vindo de Deus, a Vida.

Seção 4: A verdadeira identidade reside no Espírito.
A citação (B15) nos leva a viver espiritualmente, na verdadeira realidade espiritual. O viver espiritual está próximo, "está próximo o reino dos céus" (B16). A história de Êutico depois de cair do 3º andar foi ressuscitado dos mortos aqui salienta esta ideia do reino de Deus dentro de nós. Não poderia ser um "lugar" na matéria! Quando residimos conscientemente nesse reino, estamos sujeitos apenas às leis de Deus, não da matéria, não do grau de gravidade, nem da exaustão. Eddy deixa bem claro na citação (CS19) que precisamos controlar “a crença de que a existência seja condicionada pela matéria” e que precisamos controlar esta crença através da Ciência, através do Cristo, a Verdade. “Nada pode interferir na harmonia do existir, nem fazer cessar a existência do homem na Ciência” (CS 19).

Seção 5: Vida ilimitada pela matéria.
Já falamos sobre isso que Deus, a Vida, nunca pode estar na matéria! Há uma maravilhosa conexão com a citação (B18) e o que Eddy escreve em seu livro Retrospecção e Introspecção. A eternidade e a infinitude não podem ser encontradas na limitação da matéria. Não podemos julgar a existência com base no sentido material, que é necessariamente dependente da matéria para sua evidência. Isso seria como pedir notícias a um mentiroso inveterado e aceitar como verdadeiro o que nos conta. Nossa consciência e nossa individualidade têm sua fonte em Deus, na Vida, não na matéria (CS27). Talvez seja interessante perguntarmos a nós mesmos como materializamos/limitamos Deus. Achamos que Deus é uma pessoa realmente poderosa que julga nossas ações e decisões? Achamos que Deus é “alguém” a quem possamos implorar que nos cure ou que mude algo para melhor em nossas vidas? Isso é a visão material de Deus, que conhece todas as nossas necessidades e nos supre com mais do que o suficiente. Ele nos dá abundância. A infinitude de Seu poder e presença é mais eloquentemente declarada no Salmo 139 (B19): “Senhor, tu me sondas e me conheces. Para onde me ausentarei do teu Espírito? Para onde fugirei da tua face? Se subo aos céus, lá estás […] se tomo as asas da alvorada e me detenho nos confins dos mares, ainda lá me haverá de guiar a tua mão, e a tua destra me susterá. Que preciosos para mim, ó Deus, são os teus pensamentos! E como é grande a soma deles! Se os contasse, excedem os grãos de areia.”
[P.S. #2 do Warren para a citação B18, Atos 17:28: Mary Baker Eddy nos desafia a “lutar” pela aplicação diária e demonstra isso maravilhosamente relacionando as palavras de Paulo, na citação (B18), com sua "Declaração científica sobre o existir". "S. Paulo disse aos atenienses: "Pois nele vivemos, e nos movemos, e existimos". Essa declaração é em substância idêntica à minha: “Não há vida, verdade, substância nem inteligência na matéria." É absolutamente claro que essa sublime verdade ainda não foi plenamente demonstrada; não obstante, é verdadeira. Se a Ciência Cristã reitera o ensinamento de S. Paulo, nós, como Cientistas Cristãos, devemos dar ao mundo a prova convincente da validade desta declaração científica sobre o existir. Tendo percebido antes dos outros esse fato científico, temos para conosco e para com o mundo a obrigação de lutar por sua demonstração." (Retrospecção e Introspecção, Mary Baker Eddy, p.93:17 até p.94:3)]

Seção 6: Infinitamente mais do que centenas de milhões de litros por dia…
Estamos de volta à reverência de que precisamos vivenciar a fonte da vida mencionada no Texto Áureo. A reverência é um reconhecimento, e profunda gratidão do poder e da bondade de Deus, da própria Vida. Ao compreendermos a majestade e a glória de Deus, a dimensão infinita e eterna da Vida — declaramos e regozijamos nesta glória através do viver espiritualmente. Como uma fonte, ou nascente, a Vida divina está jorrando a verdade infinita de o homem ser eterno e espiritual. Viver a vida com reverência é viver espiritual e eternamente. É viver na Vida, onde estamos estabelecidos, “desde o princípio, antes do começo da terra" (Prov. 8:23).
____________________________________________
Este estudo metafísico foi preparado por Kerry Jenkins, CS, House Springs, MO (314) 406-0041
A equipe de tradução para o português é composta por Dulcinea Torres, Elisabeth Z. Friedrichs, Leila Kommers e Ovídio Trentini, com a leitura final por Orlando Trentini, CSB.
Visite o saite www.trentinicsb.com. Ali encontrará esta tradução e as anteriores para estudo, para baixar e partilhar esse copo de água fresca com seus amigos.
Os estudos metafísicos dos Cedros sobre o estudo diário da Lição Bíblica da Ciência Cristã, contendo ideias de aplicação metafísica, são oferecidos, durante todo o ano, para que os amigos da Ciência Cristã vejam e demonstrem o grande valor do estudo diário da LB. Os Cedros são um complemento para a LB. O estudo em inglês será postado, no link abaixo, na 2a. feira. Sua tradução para o português será postada até a 3ªfeira. Busque e leia o texto em inglês em http://www.cedarscamps.org/metaphysical.

Metaphysical

Thrive in God’s kingdom where you’ve been firmly planted! - To me, this week’s Lesson...
Latest Lesson Application Idea

Newsletters

Get free weekly uplifting newsletters (available in English, Spanish, French, German and now in Portuguese!)
Subscribe or Update Subscription

Facebook

Find CedarS on Facebook for the latest news, heart-warming fruitage, facility upgrades and more!
Go to the CedarS' Facebook Page