Cedar Camps

Metaphysical Ideas

Search Metaphysicals
 

Metaphysical Newsletters

The weekly Metaphysical Newsletter is provided to campers, staff, alumni, friends and the CedarS family at no charge however contributions help defray the costs of running this service.

Click here for more about how you can provide support!
 

Delivered to You FREE!

Available in five languages, get it delivered to your inbox weekly!

Subscribe Now!

A cada dia siga e ame mais e mais a Cristo Jesus! Estudo Metafísico do Acampamento dos Cedros - Tema: Cristo Jesus.

Kemi Awosile, CS
Posted Monday, August 24th, 2015

CIÊNCIA CRISTÃ - LIÇÃO BÍBLICA
“Bem-vindo às Lições Bíblicas da Ciência Cristã!
Deus é Tudo e Ele tem grande amor por toda a Sua criação. Esse fato e nosso amor por Ele, por nosso próximo e por nós mesmos, constituem a essência das Lições bíblicas. Elas proporcionam um mergulho profundo nesse amor, e isso tem trazido cura, conforto, reforma e regeneração às pessoas há várias gerações.
Portanto, mergulhe profundamente você mesmo [no estudo] das Lições Bíblicas e no amor de Deus! À medida que o fizer e, especialmente, na proporção em que viver esse amor, dia após dia, até mesmo, momento a momento, você verá a cura e os benefícios que dela resultam, ajudando não só a você mesmo, mas a todos que cruzarem seu caminho.” (Livrete Trimestral da Ciência Cristã, p1).
O Acampamento dos Cedros preparou este Estudo Metafísico da LB para auxiliar na sua compreensão do estudo bíblico para o tema: Cristo Jesus
A cada dia siga e ame mais e mais a Cristo Jesus!
Este tema é estudado diariamente em 17 línguas, em todo o globo, de 24 a 30 de agosto de 2015.
Abreviações: Ciência Cristã – CC; Ciência e Saúde – CS; Lição Bíblica – LB; Bíblias: King James – KJV;
J.F.Almeida Revista e Atual. – JFA; A Mensagem – MSG; Nova Tradução na Linguagem de Hoje – NTLH;
————————————————————————————————————————————
Gosto como a lição de cada semana dá continuidade às lições coletivas de semanas anteriores. Na última semana fomos lembrados de sempre afirmar que a fonte de sabedoria e inteligência é Deus. Na lição desta semana, há um progresso natural, nos é mostrado, por meio de Cristo Jesus, que o propósito daquela sabedoria é o de ajudar-nos a compreender a Deus, e de ajudar-nos a curar a nós mesmo e ao mundo. Na citação B14 da última semana sobre o tema “Mente” Paulo proclama “temos a mente de Cristo”(I Coríntios 2: 16). É uma bela seqüência na lição dessa semana sobre “Cristo Jesus”, que termina com a solene promessa “de ser vigilantes, e orar para haver em nós aquela Mente que havia também em Cristo Jesus” (CS28, p. 497)

Texto Áureo (I Coríntios 1: 9): “Fiel é Deus, pelo qual fostes chamados à comunhão de seu filho Jesus Cristo, nosso Senhor”.
O Texto Áureo lança um fundamento que é revisitado em cada seção da lição: Nosso Deus fiel está nos conclamando para uma amizade íntima com Ele, tal como foi demonstrado por Jesus Cristo, Seu filho.

Leitura Alternada (Isaías 7: 11, 14, 15; 9: 6, 7. 2 Timóteo 3: 14, 25): A mensagem de Isaías é direta de que haverá desafios, mas o consolo de Deus é constante. Deus está sempre conosco e Deus é tudo. Essa compreensão é a salvação.
Essa Leitura Alternada começa com um chamado à oração. Gosto disso porque sempre senti que um dos maiores ensinamentos de Jesus foi a Oração do Senhor. Isaías diz ao ouvinte/leitor: “pedi e vos será dado”.
Em qualquer situação ou experiência em que nos encontremos, podemos pedir a nosso Pai para mostrar o caminho. Podemos pedir a nosso Pai por um sinal. E nosso Pai-Mãe, o Amor, nos dará a inspiração necessária. Quando atentamente escutamos as mensagens angelicais de Deus para nós—a inspiração nos desenvolve a antiga ideia de Emanuel (que quer dizer “Deus conosco”). Começamos a compreender que “Deus conosco” se refere a cada situação ou experiência em que nos encontremos. Quando alimentamos e nutrimos essa ideia com pensamentos e ações corretos, ganhamos o reino do céu, onde a harmonia reina suprema. Mas, há uma condição, um nascimento virginal; que para mim quer dizer que Deus está sempre conosco, mas, para que possamos compreender a plenitude de Emanuel, nossos pensamentos, como foram os de Maria, tem de ser santos e puros, e absolutamente consagrados ao nosso Pai e Sua criação espiritual. Isso inclui saber como “recusar o mal e escolher o bem”, não importando em como o mal se nos apresente, seja fofocas, comerciais na mídia, tentação de agir mal, ou um diagnóstico... A Leitura Alternada é concluída reportando-nos às escrituras como nosso guia nessa consagração pura, e por nossa compreensão e prática da palavra inspirada, que pode “tornar-te sábio para a salvação pela fé em Cristo Jesus” (2 Timóteo 3: 15).

Seção 1: A filiação de Jesus e nossa adoção e herança divinas...
A citação B1 (Atos 3: 22) menciona uma expectativa do Antigo Testamento de que “o Senhor Deus vos suscitará um profeta semelhante a mim” (Moisés)...”a ele ouvireis em tudo quanto vos disser” (Deuteronômio 18:15, 18). Jesus preencheu essa profecia porque, como Moisés, ele era manso; ele libertou pessoas de todo tipo de prisão; ele alimentou multidões; ele curou a lepra e outros males, e ele falou “assim como o Pai me falou”. Em João 12: 50, Jesus disse essas palavras como prova de sua posição de que ele era “esse Profeta”.
Melhor do que qualquer um, antes ou depois, Jesus demonstrou “Emanuel ou Deus conosco” (Ver CeS 34: 7). Ele deixou muito claro que todas as verdades que se aplicam a ele, também se aplicam a nós como filhos de Deus, “a fim de que recebêssemos a adoção de filhos...(para sermos) herdeiros de Deus por Cristo” (B2, Gálatas 4:5,6). Isso tem aplicações definidas para nós quando desafiamos e escolhemos não ser um herdeiro da carne nos dias modernos de adoração da genética e do DNA como sendo a causa de todos os traços de caráter, bons ou maus. O pensamento de Cristo Jesus é rápido em “desprezar o mal” (LA)—a mentira da hereditariedade carnal. Quando perguntado de quem era a culpa, do homem cego ou dos pais, Jesus respondeu de “nenhum deles” (ver João 9: 1-7) nada de DNA. Eddy explica em CeS porque não existe “herança carnal” (Ver páginas 228 e 178 de CeS). Ela também afirma que se compreendêssemos e reconhecêssemos, ainda que só um pouco, nosso parentesco comum e divino, “toda a família humana consistiria de irmãos” (Ver p. 470: 1). O fato de termos o mesmo e beneficente e infinito Pai significa que todo e qualquer bem demonstrado por Jesus, é aplicável à toda a humanidade. Para termos “a mente que havia em Cristo”, nós como Jesus, precisamos sentir o precioso cuidado, a intimidade e o amor de nosso celestial e sempre-presente Papai querido, ou “Abba” (B2, Gálatas 4: 6).

Seção 2: A nossa comunhão por meio do seguir o Cristo
Em resposta a uma questão colocada diante de João Batista pela legislação dos Judeus, João respondeu que ele não era o Cristo, nem o Messias que os Judeus estavam esperando aparecer, de acordo com a profecia. Mas, ele estava situado nas escrituras. (Comparando João 01:23 “Disse: Eu sou a voz do que clama no deserto: Endireitai o caminho do Senhor, como disse o profeta Isaías.” Isaías 40: 3 “3 Voz do que clama no deserto: Preparai o caminho do Senhor; endireitai no ermo vereda a nosso Deus.”) João serviu a Deus e à humanidade como um testemunho do Messias, mesmo antes de ver Jesus fisicamente.
Quando João vê Jesus, ele descreve o que está testemunhando, usando dois símbolos universais de pureza: um cordeiro e uma pomba. O seu relatório é tão convincente que seus próprios discípulos o deixam para seguir a Jesus. Eles imediatamente chamam Jesus de "Mestre" e perguntam “onde habitas” -presumindo para que pudessem morar com ele. Jesus convida-os, em seguida, para "vir e ver" a glória do reino dos céus (onde Jesus "habita") - e como eles o seguiram eles testemunharam os ensinamentos de Jesus, pregando e curando. Mary Baker Eddy expande este assunto, explicando que “Caminhamos nos passos da Verdade e do Amor quando seguimos o exemplo de nosso Mestre na compreensão da metafísica divina. O Cristianismo é a base da verdadeira cura. Tudo o que mantém o pensamento humano em linha com o amor despojado de ego recebe diretamente o poder divino.” (CS 10, p.192). Devemos nos esforçar para aprender alguma coisa nova a partir do exemplo de Jesus, para colocar em prática, em nossa vida, a cada dia.

Seção 3: Siga Jesus no seu amor radical pelos pecadores (não pelo pecado)
Por que seguir Cristo? Nós seguimos Cristo porque, antes mesmo de começar a entender seus ensinamento, podemos ver e sentir o amor e a verdade em seu ensino e demonstração. Mesmo para aqueles de nós educados nos ensinamentos de Jesus Cristo, pode parecer difícil seguir os passos que levaram Jesus a jantar com publicanos e pecadores. Você pode imaginar como Jesus foi incompreendido há dois mil anos? Por Fariseus que achavam que acima de todos os outros eles tinham uma firme compreensão da lei dada por Moisés? Mas mesmo que os Fariseus não conseguissem entender a Jesus, por seus atos não se alinharem à sua interpretação limitada da lei, era óbvio que Jesus ensinava embasado no Amor divino. Será que estamos sentados em tronos, apontando o que está errado na sociedade, enquanto permanecemos distantes e isolados? Ou, como Jesus, estamos nós deixando nossa luz brilhar para a mais profunda e escura noite? Nossa vida deve ser vivida como testemunho de todo o poder de Deus para toda a humanidade. Isto é o que significa ser um filho de Deus.

Secção 4:Ser hospitaleiro, arrependido, humilde..."misericordioso, justo e puro"
Como podemos seguir a Jesus? Vamos examinar as qualidades que a mulher em Lucas 7 expressou:
- Hospitalidade: apesar de o anfitrião de Jesus ter negligenciado oferecer água para Jesus lavar os seus pés, esta mulher foi rápida para ver e atender a essa necessidade.
- Arrependimento: ela chora.
- Humildade: ela lava os pés de Jesus.
- Mansidão: ela não fala durante todo esse encontro.
- Amor: mesmo estando apenas na expectativa de receber perdão, ela deu tudo o que possuía de valioso. Lavar os pés e enxugá-los, com os seus longos cabelos, demonstra a medida em que ela considerou e avaliou o presente que estava esperando receber.
- Gratidão: Jesus sentiu que ela estava grata antecipadamente pelo dom do perdão.

Como podemos seguir a Jesus? Expressando as mesmas qualidades que fizeram essa mulher se destacar diante de Jesus. Vale a pena também, observar algumas das qualidades expressas por Jesus nessa situação:
- Misericórdia: Ele rapidamente perdoa a mulher dos seus pecados.
- Justiça: Ele mostra a Simão a falha que este cometera como seu anfitrião.
- Pureza: Ele inofensivamente desfaz a situação. Ele é capaz de discernir o que Simão está pensando e ajuda Simão a entender o que está errado com essa maneira de pensar.

Como Jesus, assim nós também devemos procurar diariamente sermos "misericordiosos, justos e puros", para manter a promessa solene que fazemos no 6º Fundamento da Ciência Cristã: "E solenemente prometemos ser vigilantes, e orar para haver em nós aquela Mente que havia também em Cristo Jesus; fazer aos outros o que desejamos que eles nos façam; e ser misericordiosos, justos e puros" (CS28, 497: 24).
- Nós também podemos ser "misericordiosos".
- Nós podemos rapidamente perdoar aos outros e a nós mesmos de falhas.
- Nós também podemos ser "justos": Uma vez que "a justiça é a serva da misericórdia", devemos estar dispostos a ajudar aos outros, tão gentilmente quanto possível, mesmo quando eles parecem hostis.
- Nós também podemos ser "puros": Nós podemos inofensivamente desfazer cada situação difícil. Podemos discernir o que os outros estão pensando, e ajudá-los a entender o que está errado com essa maneira de pensar.

Seção 5: Siga o exemplo de cura de Jesus e espere por "maiores obras"
Quando começamos a seguir Jesus expressando estas qualidades que são muito valorizadas pelo Mestre metafísico, nós começamos a naturalmente testemunhar e a demonstrar as leis de Deus em ação que resultará em cura.Eddy nos ajuda a compreender que, quando expressamos essas qualidades, colocamo-nos à disposição para a ação do Princípio divino, e é isso que resulta na cura das doenças e na destruição do erro/mal. [Gosto muito da maneira com que Christine Irby Williams, em sua mensagem inspiradora dada na Fern Lodge, ponderou e comentou sobre a promessa de Jesus: "quem crê em mim fará as coisas que eu faço e até maiores [obras] do que estas" (João 14:12).]

Seção 6: Cumprir a promessa - "Tenham entre vocês o mesmo modo de pensar que Cristo Jesus tinha" (Filipenses 2:5 - NTLH).
Veja como Eddy incorpora no 6º Fundamento da Ciência Cristã (CS28, p.497) este conselho de Paulo aos Filipenses sobre "encarar" tudo da forma como Jesus fazia. Ao ler e reler essa lição, esteja alerta para o exemplo de Jesus, aprenda e pratique todos os dias mais e mais sobre como segui-lo com humildade. [Aqui está um comentário bem esclarecedor que Kathy Fitzer fez sobre este versículo no Estudo Metafísico sobre o tema Mente em 2010: "Para que estamos orando quando pedimos à mente que havia em Cristo Jesus que seja a nossa mente? Você já analisou o contexto? Paulo está incentivando a igreja em Filipos a encarar tudo o que fizerem da maneira como que Jesus encararia - amando uns aos outros e reconhecendo Deus como a fonte de todas as coisas boas. De acordo com The Interpreter´s Bible, a palavra "mind" (mente) pode ser traduzida como "humilde, espírito obediente". Quando paramos para analisar, tudo o que Jesus fez foi a partir do ponto de vista de sua unicidade com Deus. Ele estava sempre cedendo a Deus e glorificando a Ele. Incentivava seus seguidores a não brigar com ninguém, nem ficar pensando em quem era o melhor. Deus é o melhor! Os subtítulos que encontrei na introdução do segundo capítulo de Filipenses, versos 1-11, incluem: "Unidade através da humildade"; "O Exemplo de humildade de Cristo"; Imitando a humildade de Cristo"; e Ter a atitude de Cristo".] Que alegria é ter a certeza científica de que quando temos a atitude humilde e amorosa do Cristo, nunca estamos separados de Deus! (B19) Você já sentiu a liberdade de saber que está sendo cuidado, independente de qualquer circunstância? Caso afirmativo, você teve um vislumbre da paz de Deus (B21). Agora, descanse na certeza de que essa paz é constante, está sempre com você e que você pode colocar em prática, na totalidade, a sua "promessa”! (CS28). Uau, isso não é maravilhoso?
____________________________________________
Este estudo metafísico foi preparado por Kemi Asowile, CS [right before her study/service trip to S. Korea!]617-817-4048 kemi.awosile@gmail.com
A equipe de tradução para o português é composta por Ana Paula Wagner, Dulcinea Torres, Elisabeth Z. Friedrichs, Leila Kommers e Ovídio Trentini, com a leitura final por Orlando Trentini, CSB. Visite o saite www.trentinicsb.com. Ali encontrará esta tradução, para baixar e partilhar esse copo de água fresca com seus amigos. Os estudos metafísicos dos Cedros sobre a Lição Bíblica da Ciência Cristã, contendo ideias de aplicação metafísica, são oferecidos, durante todo o ano, para que os amigos da Ciência Cristã vejam e demonstrem o grande valor do estudo diário da LB. Os Cedros são um complemento para a LB.

Metaphysical

True Freedom Comes from Spirit! - Everyone wants to feel true joy, love, wisdom, energy. We...
Latest Lesson Application Idea

Newsletters

Get free weekly uplifting newsletters (available in English, Spanish, French, German and now in Portuguese!)
Subscribe or Update Subscription

Facebook

Find CedarS on Facebook for the latest news, heart-warming fruitage, facility upgrades and more!
Go to the CedarS' Facebook Page