Cedar Camps

Metaphysical Ideas

Search Metaphysicals
 

Metaphysical Newsletters

The weekly Metaphysical Newsletter is provided to campers, staff, alumni, friends and the CedarS family at no charge however contributions help defray the costs of running this service.

Click here for more about how you can provide support!
 

Delivered to You FREE!

Available in five languages, get it delivered to your inbox weekly!

Subscribe Now!

É seguro buscar e compartilhar os recursos infinitos da Alma! Estudo Metafísico do Acampamento dos Cedros - Tema: A Alma.

Aubrey McMullin, CS Godrey, IL
Posted Monday, August 10th, 2015

CIÊNCIA CRISTÃ - LIÇÃO BÍBLICA

“Bem-vindo às Lições Bíblicas da Ciência Cristã!

Deus é Tudo e Ele tem grande amor por toda a Sua criação. Esse fato e nosso amor por Ele, por nosso próximo e por nós mesmos, constituem a essência das Lições bíblicas. Elas proporcionam um mergulho profundo nesse amor, e isso tem trazido cura, conforto, reforma e regeneração às pessoas há várias gerações.
Portanto, mergulhe profundamente você mesmo [no estudo] das Lições Bíblicas e no amor de Deus! À medida que o fizer e, especialmente, na proporção em que viver esse amor, dia após dia, até mesmo, momento a momento, você verá a cura e os benefícios que dela resultam, ajudando não só a você mesmo, mas a todos que cruzarem seu caminho.” (Livrete Trimestral da Ciência Cristã, p1).
O Acampamento dos Cedros preparou este Estudo Metafísico da LB para auxiliar na sua compreensão do estudo bíblico para o tema: A ALMA

É seguro buscar e compartilhar os recursos infinitos da Alma!

Este tema é estudado diariamente em 17 línguas, em todo o globo, de 10 a 16 de agosto de 2015.
Abreviações: Ciência Cristã – CC; Ciência e Saúde – CS; Lição Bíblica – LB; Bíblias: King James – KJV;
J.F.Almeida Revista e Atual. – JFA; A Mensagem – MSG; Nova Tradução na Linguagem de Hoje – NTLH;

Gostei de ver como Rick Stewart,CS, comparou Deus, o Espírito, com uma brisa fresca no Estudo Metafísico da última semana (O Espírito – 03-09 ago)! Compreendi que Espírito e Alma tem uma afinidade especial como dois dos 7 sinônimos para Deus. Quando estudo sobre o Espírito, vejo cada vez mais Deus atuando por meio de nós – uma expressão externa – e quando estudo Alma vejo mais e mais uma individualidade dada por Deus a nós – uma expressão interna. Ambas são expressões de Deus, trabalhando de mãos dadas, por isso é muito apropriado que Mary Baker Eddy tenha colocado esses dois temas um após o outro nos estudos da Lição Bíblica! O Espírito é real e o podemos ver no movimento das folhas das árvores ou na ondulação das águas de um lago, no som de um instrumento de música; e em seguida, temos a Alma, algo que talvez precisemos trabalhar um pouco mais ou mergulhar mais a fundo para que possamos compreender sua realidade e presença. Uma metáfora que me vem à mente é de cunho natural. Se você parasse na frente de um espelho, veria a si mesmo e saberia que seu reflexo está ali. Se fechasse os olhos sabendo com certeza que seu reflexo ainda está ali, estaria mudando o pensamento de “saber que seu reflexo ainda está ali” para “compreender que a existência de seu reflexo é um fato infinito”! Esta compreensão significa entendimento e demonstração espiritual. Gosto de como a lição desta semana nos dá tantos modos de compreender espiritualmente tudo o que Deus é e de regozijar-nos nessa compreensão!

O Texto Áureo [Marcos 12: 29, 30] e a Leitura Alternada [Salmos 150: 1-3, 6: 143:6, 8, 12; 86: 2, 3, 9, 10, 12] começam onde sempre começamos – com amar a Deus! De que outro modo começar quando nosso desejo é compreender a Alma? Podemos sempre começar com segurança amando a Deus de todo o coração, de todo o entendimento ou alma, de toda a mente e de toda a força, reconhecendo o tempo todo que estas qualidades são de Deus e por isso estão em todos nós! E com esse reconhecimento, nós O louvamos! Nós louvamos o Fato* de que Deus é “Tudo-em-tudo” (CS30). Quando compreendemos plenamente o fato* de que Deus é Tudo-em-tudo, compreendemos plenamente esse fato* como parte de uma declaração maior que inclui a afirmação completa e verdadeira de que nada diferente o pode ser. M.B.Eddy nos lembra em seu livro texto Ciência e Saúde com a chave das Escrituras que “a parte vital, o coração e a alma da Ciência Cristã é o Amor” (CeS, 113: 5-6). É natural que ao começarmos a compreender a Alma mergulhássemos em nossa compreensão do Amor a fim de amar mais a Deus e de louvar a Ele nesse entendimento, louvando-O sempre e de todos os meios/modos.

Seção 1: “Quem no amor confia…não sente mais temor” (Hino 148)
Deus se apresentou a Moisés como “EU SOU O QUE SOU”…que vem no tempo presente e apresenta o senso da onipotência e onipresença do “grandioso EU SOU” que “ressuscita a religião do amortecimento/entorpecimento”. (Cobbey Crisler) A totalidade do nosso “grandioso EU SOU não está atada a uma progressão passada ou a uma acumulação futura [como em um processo, estado ou confirmação de tornar-se ou transformar-se]. Ao invés disso, a totalidade de DEUS é declarada ser um estado presente, perfeito do existir, conforme definido no livro-texto da Ciência Cristã como “DEUS: “O grandioso EU SOU; Aquele que tudo sabe, que tudo vê, que é todo-atuante, todo-sábio, todo-amoroso e eterno; o Princípio; a Mente; a Alma; o Espírito; a Vida; a Verdade; o Amor; toda a substância; inteligência” (p.587). Esse “grandioso EU SOU” é um estado sempre-perfeito, e também constantemente se desdobrando [definição científica] do existir que não muda e que se faz universalmente compreendido. Quando aprendemos a equação 2+2 = 4, primeiro sabemos a equação, depois entendemos a equação, e depois aplicamos a equação e deixamos a demonstração dela desdobrar em nossa compreensão a matemática mais elevada. 2 + 2 = 4 permanece “imutável em sua história eterna” (CS4), mas nossa compreensão da equação se desdobra na proporção em que a colocamos em ação na matemática mais elevada. A Alma é tão imutável e eterna como a equação 2 + 2 = 4, porque a Alma existiu em um estado do existir prévio ou anterior à nossa compreensão dela, e a equação 2 + 2 = 4 sempre existiu e nunca muda, mas é infinitamente expandida pela crescente compreensão da aplicação da matemática. Nenhuma mudança ocorre no “grandioso EU SOU” (B4,CS1) ou em nosso estado de refletir o grandioso EU SOU, e é portanto, algo com o qual não precisamos nos preocupar ou temer.

Seção 2: Cheio de alegria e liberto do cativeiro material, enquanto no Seu infinito cuidado
Toda esta seção é sobre ser libertado de um senso de matéria e caminhar em liberdade (B6) na Alma o que é possível graças ao terno cuidado de nosso Pai-Mãe (CS6). [Esse cuidado carinhoso é como o de uma mãe pássaro para com seus filhotes e colocado em palavras por Moisés para abençoar a tribo de Benjamim (Veja citação B11). Moisés promete: "O amado do SENHOR habitará seguro com ele; todo o dia o Senhor o protegerá, e ele descansará nos seus braços. O Deus eterno é a tua habitação e, por baixo de ti, estende os braços eternos" (B11, Deut. 33:12).]
Em Isaías 66:1, vemos que Deus é ilimitado e infinito, Ele não é terreno. Dizem-nos que o que temos dentro de nós é infinitamente maior do que o que poderíamos ter ou manifestar externamente ao olho humano ou para os sentidos terrenos. "O céu é o meu trono, e a terra, o estrado dos meus pés" (B10). Uma definição fornecida pelo Dicionário Webster de 1828 para trono é "o lugar onde Deus peculiarmente manifesta seu poder e glória"; e para estrado é "aquilo que apoia os pés de alguém quando sentado". Trabalhando essas definições para a mesma passagem da Bíblia, lemos: "O céu é [onde Deus manifesta seu poder e glória], e a terra é [onde apoia seus pés (fundação) quando sentado (descansando)." Embora apreciemos o apoio que a terra ou manifestações físicas nos fornecem, temos primeiro que habitar no céu, a Alma, onde Deus manifesta o Seu poder e glória. Eddy embasa isso esclarecendo que para nós: "A Alma tem recursos infinitos para abençoar a humanidade, e seria mais fácil alcançar a felicidade e conservá-la em nosso poder, se a buscássemos na Alma" (CS9, p.60:29-31, [ilustrado no PS # 1 por uma aplicação prática feita semana passada no Acampamento dos Cedros]). Nossos recursos infinitos tornam-se visíveis quando procurados na Alma e esta infinitude é a manifestação do poder e da glória de Deus. Esta manifestação é a demonstração da emancipação mental (CS11) que abole a escravidão – qualquer estado de escravidão, seja voluntário ou involuntário, submetendo a própria pessoa ao comando, à vontade, de outra (Webster de 1828) – trazendo a infinitude do poder de Deus para a vanguarda de toda a experiência e demonstrando, assim, que "A escravidão não é a condição legítima do homem. Deus fez livre o homem"(CS12, p.227: 15).

Seção 3: Perdão e misericórdia; Deus (Alma) conosco
Você já foi colocado em uma posição onde precisou perdoar ou sentiu a necessidade de ser perdoado? Que grande exemplo de Alma a Bíblia nos dá com José. [Esta aplicação dos dias de hoje de Warren está disponível para Download na versão online na webpage do CedarS para este Estudo Metafísico.] Antes mesmo de entrar nesta maravilhosa história, (Salmo 86:5, B13) prepara-nos com o lembrete de que como somos o reflexo de Deus, por isso, somos também “bons e compassivos, prontos a perdoar" e somos “abundantes em benignidade” para nos voltarmos à Alma. Em seguida, lemos esta história maravilhosa sobre o perdão e o amor fraternal – duas verdadeiras expressões da Alma. Nos versículos inseridos na lição desta semana, a palavra "pacificamente" é usada para descrever uma forma que os irmãos de José não foram capazes de falar com ele. "Pacificamente", traduzido para a sua palavra original hebraica é shalowm ou shalom, que era uma saudação tipica usada para abordar estranhos ou conhecidos. O fato dos irmãos de José nem mesmo terem sido capazes de usar para com ele uma palavra que era comumente dirigida a estranhos ou simples conhecidos mostra um nível muito elevado de animosidade ou frustração entre José e seus irmãos. Os irmãos estavam tão concentrados nos objetos terrenos que José guardara – o casaco de muitas cores – que se tornaram escravos do ciúme, da inveja. Quantas vezes nos deparamos com ciúmes de "coisas legais" de outra pessoa e nos encontramos pensando indelicadamente sobre ela ou falamos com ela de uma maneira que nunca iríamos falar com nosso irmão? Nossas riquezas estão dentro de nós, e José sabia disso e, até mesmo através de todos os infelizes acontecimentos que tiveram lugar, ele nunca se esqueceu de que suas riquezas eram também as riquezas de seus irmãos porque todos tinham a mesma origem divina. Ele perdoou seus irmãos não só pelo mal que causaram a ele, mas também por ceder de forma voluntária ao falso comando da matéria. Esta foi a sua demonstração de que Deus estava com ele e isso foi o que Faraó viu e entronizou. Quais são as qualidades que queremos priorizar, entronizar em nossa experiência e permitir nossa demonstração de perdão hoje? Ciência e Saúde nos dá uma infinidade de opções: Ele enumera justiça, misericórdia, sabedoria, bondade (CS15) e altruísmo, saúde, santidade, amor (CS16) qualidades que devem reinar dentro de nós para que a Alma fique firme e tudo o mais desapareça. Quando permitimos que a Alma mantenha o controle (CS,p.30:26-28), tornamo-nos como José e expressamos "afeto puro que abençoa os seus inimigos" (CS18).

Seção 4: Desperte para o comprazimento de Deus por Seus filhos escolhidos, e descubra/testemunhe a cura.
Imagine um pai tão satisfeito com seus filhos e filhas que faria qualquer coisa para promover seu crescimento individual e compreender e apoiar seus talentos especiais. Esse é o comprazimento que nosso Pai-Mãe tem por nós. Isso me faz lembrar de uma vez em que entrei num grande supermercado para pegar morangos e mirtilos, e vi um pai segurando a mão do filho enquanto caminhavam pelos corredores. Parei para observá-los, enquanto meu coração transbordava de alegria e amor por este homem e pela afeição escancarada que ele tinha pelo filho. Os DOIS estavam com aparatos de super-herói, que foram cuidadosamente pensados antes de serem vestidos. Eles usavam capas, óculos, camisetas combinando, shorts e aquelas meias com capinhas de super-homem. Nenhum deles ficava pensando no que as pessoas poderiam pensar nem estavam envergonhados. O pai caminhava com grande satisfação segurando a mão do seu parceiro super-herói; e estavam se divertindo muito. [Isso faz alusão ao senso divino de nosso Pai celestial que se "compraz" (B20) conosco como descendentes perfeitos como o Pai-Mãe de Jesus anunciou quando ele foi batizado por João no Rio Jordão dizendo: "Este é o meu Filho amado, em quem me comprazo" (Mateus 3:17). Não nos cansamos de repetir para nossos filhos humanos este reconhecimento abençoado do comprazimento de Deus e também nosso. Esta aprovação divina] traz "à luz a ação científica da Mente divina sobre mentes e corpos humanos, e proporcionando melhor compreensão a respeito da Alma e da salvação" (CS20). Este comprazimento neutraliza o senso mortal de orgulho, [uma das características de "depravação" da "mente mortal" listadas na página 115 de Ciência e Saúde. Um senso mortal de orgulho parental implica que como mortais somos criadores de um filho.] O orgulho alimenta a vaidade ou o desdém, ao passo que um senso mais elevado do comprazimento genuíno e ampliado de Deus em nós, Seus filhos escolhidos, é o senso divino necessário de aprovação que traz a cura. A consciência que Jesus tinha do comprazimento de seu Pai-Mãe [Abba-Imma] por ele, e era isso o que lhe permitia curar os doentes, dar visão aos cegos, audição aos surdos, pés aos coxos, etc. (CS20).

Seção 5: Encontre a verdade no coração como o guia para a Alma dentro de nós.
O REINO DE DEUS ESTÁ DENTRO DE VOCÊ. Eddy nos dá três substantivos na sua definição do reino dos céus que está dentro de nós: reino, âmbito e atmosfera. Temos dentro de nós: o reino - autoridade, poder, influência reais (Webster de 1828) - da harmonia na Ciência divina; o âmbito - jurisdição real, governo de reis (Webster de 1828) - a Mente eterna infalível e onipotente; e a atmosfera - o todo (Webster 1828) - do Espírito, onde a Alma é suprema. Esta é a verdade, e o restante é uma mentira! Quando admitimos que somos a pessoa, o homem real, perfeito e verdadeiro da Alma, admitimos a verdade e, assim, encontramos a Alma dentro de nós. Este alerta é uma prova de nosso pensamento se transformando em canais novos e saudáveis (CS27). Esta compreensão de Alma é nosso reconhecimento de que Deus é Tudo-em-tudo (CS30) e, portanto, nada mais existe..

[P.S. #1 Uma recente demonstração de suprimento sugere a abundância divina no universo de Deus, que está disponível sempre quando buscamos e encontramos estes recursos infinitos na Alma (CS9). Na semana passada: SE uma grande quantia de dinheiro pudesse ser disponibilizada em 48 horas, haveria uma imensa oportunidade de economia para o Acampamento dos Cedros na aquisição de um sistema de esportes aquáticos que fora "colocado no altar" e "buscado na Alma" por cerca de cinco anos. O que este recurso poderia fazer pelos campistas e equipe fora consistentemente, em nossas orações, percebedido de que as "coisas são pensamentos" (CS, p.123). Uma das ideias com as quais trabalhamos, foi com a diretiva de Mary Baker Eddy de colocar "em prática o que é espiritual, o qual determina aquilo que é visível e é real" (CS, p. 254:20). Durante este período de 48 h, várias promessas foram rapidamente feitas por mais de dez generosos doadores. O valor doado acabou por ultrapassar o custo da aquisição e cobriu grande parte do custo de instalação. A bondade infinita da Alma é surpreendente!! O trabalho metafísico adicional e os detalhes do apoio serão apresentados na sequência!]
[P.S. #2 esta aplicação dos dias de hoje de Warren está disponível para Download na versão online na webpage studo Metafísico. www.cedarscmps.com ]
[P.S. #3 para Download na webpage do TMCYouth dos sinônimos de Deus:]
Atributos para o sinônimo "Alma”: identidade, individualidade, senso espiritual, alegria, paz, esperança, humor, reflexo, imortalidade, harmonia, santidade, beleza, equilíbrio, intuição, inocência, inspiração, graça, moralidade, força, flexibilidade, coragem, controle, criatividade, eternidade, pureza, estabilidade, nitidez, nobreza, talento artístico, cor, forma, criação, improvisação, eloquência, expressão, ritmo, momento, elasticidade, agilidade, originalidade, ingenuidade, tranquilidade, frescor, calma, doçura, refinamento, quietude, serenidade, singularidade, compatibilidade, simetria, uniformidade, compostura, sossego, audácia, candura, graciosidade, perfeição, honestidade, etc.
_____________________________________
Este estudo metafísico foi preparado por Aubrey McMullin, C.S., Godfrey, Illinois, EUA, (618) 578-9407 aubrey.mcmullin3@gmail.com
A equipe de tradução para o português é composta por Ana Paula Wagner, Dulcinea Torres, Elisabeth Z. Friedrichs, Leila Kommers e Ovídio Trentini, com a leitura final por Orlando Trentini, CSB. Visite o saite www.trentinicsb.com. Ali encontrará esta tradução e as anteriores para estudo, para baixar e partilhar esse copo de água fresca com seus amigos.
Os estudos metafísicos dos Cedros sobrea Lição Bíblica da Ciência Cristã, contendo ideias de aplicação metafísica, são oferecidos, durante todo o ano, para que os amigos da Ciência Cristã vejam e demonstrem o grande valor do estudo diário da LB. Os Cedros são um complemento para a LB. O estudo em inglês será postado, no link abaixo, na 2a. feira. Sua tradução para o português será postada até a 3ªfeira. Busque e leia o texto em inglês em http://www.cedarscamps.org/metaphysical.

Metaphysical

Thrive in God’s kingdom where you’ve been firmly planted! - To me, this week’s Lesson...
Latest Lesson Application Idea

Newsletters

Get free weekly uplifting newsletters (available in English, Spanish, French, German and now in Portuguese!)
Subscribe or Update Subscription

Facebook

Find CedarS on Facebook for the latest news, heart-warming fruitage, facility upgrades and more!
Go to the CedarS' Facebook Page