Cedar Camps

Metaphysical Ideas

Search Metaphysicals
 

Metaphysical Newsletters

The weekly Metaphysical Newsletter is provided to campers, staff, alumni, friends and the CedarS family at no charge however contributions help defray the costs of running this service.

Click here for more about how you can provide support!
 

Delivered to You FREE!

Available in five languages, get it delivered to your inbox weekly!

Subscribe Now!

Seja o homem / a mulher notável que você foi divinamente criado para ser! Estudo Metafísico do Acampamento dos Cedros - Tema: o Homem.

Kerry Jenkins, C.S., House Springs, MO
Posted Monday, February 29th, 2016

CIÊNCIA CRISTÃ - LIÇÃO BÍBLICA

“Bem-vindo às Lições Bíblicas da Ciência Cristã!

Deus é Tudo e Ele tem grande amor por toda Sua criação. Esse fato e nosso amor por Ele, por nosso próximo e por nós mesmos, constituem a essência das Lições Bíblicas. Elas proporcionam um mergulho profundo nesse amor, e isso tem trazido cura, conforto, reforma e regeneração às pessoas há várias gerações.

Portanto, mergulhe profundamente você mesmo [no estudo] das Lições Bíblicas e no amor de Deus! À medida que o fizer e, especialmente, na proporção em que viver esse amor, dia após dia, até mesmo, momento a momento, você verá a cura e os benefícios que dela resultam, ajudando não só a você mesmo, mas a todos que cruzarem seu caminho” (Livrete Trimestral da Ciência Cristã, p1).

O Acampamento dos Cedros preparou este Estudo Metafísico para auxiliar na sua compreensão do estudo da Lição Bíblica que é estudada diariamente em 18 línguas, incluindo agora o chinês, em todo o globo, cujo tema para a semana de 29 de fevereiro a 6 de março de 2016 é:

O Homem

Seja o homem / a mulher notável que você foi divinamente criado para ser!

Abreviações: Bíblia – B; Bíblia na Nova Tradução na Linguagem de Hoje – NTLH;

Bíblia Mensagem - MSG; Ciência Cristã – CC; Ciência e Saúde – CS; Lição Bíblica – LB

__________________________________________________

Não surpreende que num estudo sobre o tema “O Homem”, a LB inicia direto com os trechos bíblicos da criação, em Gênesis 1 e no relato da criação no Novo Testamento, em João 1. Somos feitos à Sua imagem. Texto Áureo: Salmos 139: 1,14 - ... Senhor, tu me sondas e me conheces ... Graças te dou, visto que por modo assombrosamente maravilhoso me formaste.

Pela graça divina fomos criados “notáveis” e maravilhosos”.

Leitura Alternada: Gênesis 1:1,26,31; João 1:3-9, 12,13, 16, 17.

Pensar a partir do Princípio divino como sendo a fonte de tudo o que é verdadeiro, real, bom, duradouro, nos manterá no caminho do bem e da luz. Manter o pensamento firme na “verdadeira luz, que vinda ao mundo, ilumina a todo o homem”. Então, a matéria, suas ofertas e tentações que, algumas vezes, nos parecem maravilhosos, não nos iludirão e nem nos afastarão da plenitude que cada um de nós tem recebido, ou iremos receber, “da sua plenitude com graça sobre graça”.

Quem, acima de todos na história da humanidade, nos ajudou a compreender a verdadeira natureza do homem, tal como brota do divino Princípio? Foi Cristo Jesus!

Para nós foi muito bom termos acabado de estudar a lição sobre Cristo Jesus que nos deu a base para a LB desta semana – O homem. As demonstrações de Jesus da bondade de Deus e da verdadeira natureza do homem estão fundamentadas na criação espiritual, nos revelam o domínio e a autoridade concedida a cada um de nós por Deus. Melhor do que qualquer outro, Cristo Jesus ilustrou para a humanidade a fonte divina e verdadeira do existir.

“No princípio criou Deus ...” . Princípio também é definido como “fonte”. Pense no “princípio“ de um curso d’água. Durante esta lição, será útil pensar na fonte de um rio como sendo o símbolo para Deus como a fonte do homem. Na sua origem, um rio vem de uma fonte brotando do solo com água clara, fresca e pura. À medida que avança, provavelmente recolherá alguns sedimentos, crescerá com a adição de outras correntes (que, talvez, trarão sedimentos ou poluentes). Talvez até seque e desapareça, mas ele poderá voltar a aparecer em seu leito. Você sempre pode encontrar a fonte de uma corrente de água ao caminhar rio acima. Por ser a real fonte de nosso existir, Deus só faz brotar/jorrar pureza, bondade, espiritualidade, luz/compreensão. Somos a Sua ideia; de certo modo “brotamos” de Deus como luz, inteligência, e assim por diante.

Vejamos como essa ideia da fonte divina ilumina a lição bíblica desta semana!

Seção 1: O homem é a imagem de Deus e Cristo Jesus foi quem melhor demonstrou isso.

Se estamos à procura de um novo sentido de homem, que se esforça para realmente compreender a ideia de que o homem possivelmente é espiritual, enquanto confrontados com tantas evidências em contrário, temos de “estar em Cristo” (B5). Deus mesmo nos faz saber que somos espirituais (B4). E Deus realmente nos fez à Sua imagem, não há necessidade de aperfeiçoamento" B3. Olhando para a nossa origem e ao exemplo que esclareceu essa fonte para nós, não podemos falhar em encontrar o novo sentido de homem, nosso novo sentido que não se baseia na matéria. Quanto mais descemos pelo córrego, mais ficamos à deriva e mais nos afastamos de nossa fonte original. Quando a água fica turva pode ficar difícil para nós, ver na água a beleza das plantas, troncos, peixes e insetos, areia ou pedras no leito deste riozinho. Da mesma forma, se olharmos para a matéria em busca de respostas materiais, as coisas se tornam turvas e obscuras. A matéria sempre nos confunde, sempre tem uma explicação que depende de outra informação da matéria para dar-lhe suporte. Por um período alguma explicação pode satisfazer-nos, mas, eventualmente, a menos que se baseie na Verdade divina, deixará de satisfazer.

Seção 2: O homem mortal é a falsificação (CS9).

É razoável pensar sobre o homem como a "verdadeira idéia" (CS6). Nós "emanamos" da morada de Deus e estamos cheio de luz infinita,inteligência, compreensão e harmonia. Que fonte maravilhosa! A matéria, ao simular a vida e a inteligência, por si só não tem luz nem vida. Na história da criação, a luz está entre as primeiras qualidades criadas. Compreensão, e inteligência são vitais para a Vida e para a reflexão da Vida, o homem e a mulher. A matéria tenta imitar essa inteligência com o cérebro e os nervos, mas não pode haver união da matéria com a inteligência divina e a Vida divina. Isso seria dualismo: Vida no Espírito, e outra vida separada na matéria. Cada vitória, cada demonstração sobre a matéria, testifica a mentira da vida na matéria.

Quando eu tive uma lesão grave em um acidente de trenó puxado por um grupo de cães adestrados, fiquei com escoriações profundas em um lado do meu rosto e num olho. Ficou impossível de enxergar com aquele olho. Aos sentidos humanos eu estava seriamente lesionado. Em quatro dias, não havia absolutamente nenhum sinal deste acidente, desapareceram as escoriações e as contusões, meu olho estava curado e a minha visão estava clara e perfeita como antes. Esta cura ocorreu rápida porque me recusei firmemente a admitir qualquer inteligência no que os nervos estavam me dizendo sobre a dor, no que meus olhos me informavam sobre como as coisas pareciam estar. Isto veio da firmeza de olhar para a fonte divina como a única fonte de minha segurança e bem-estar. Você pode dizer que eu ferozmente nadei contra a correnteza das evidências apresentadas pelos sentidos materiais até que eu pudesse seguir em frente, normalmente. Ficou para mim o exemplo de como alguém pode manter o seu pensamento focado em Deus como nossa verdadeira e única fonte divina, e encontrar apenas a verdadeira, pura e bela natureza, emanando de Deus.

Seção 3: Tome posse do novo senso do existir.

Eu gosto muito da história da mulher samaritana no poço de Jacó. Eu amo sua inocência e honestidade, sua sede inconfundível pela verdade. Ela não estava agarrada a um senso de si mesma que não aceitava abandonar sua trajetória. Será que todos nós tão facilmente abandonamos nosso senso de eu? Mesmo quando decepcionados a partir de uma visão equivocada, limitada sobre o senso de existir muitas vezes achamos difícil desistir e aceitar um novo senso, o qual está enraizado em Cristo. Isto não é porque não o queremos, mas porque as vezes não percebemos a alegria e a bondade que isso nos trará.

Moisés é conhecido como aquele que deu a "Lei" – os Dez Mandamentos -- enquanto que "... a graça e a verdade vieram por meio de Jesus Cristo" (Leitura alternada, João 1:17). Se nos aprofundarmos no pensamento por trás da lei, a graça de luz, de sabedoria e ternura – o Princípio divino é revelado. Para compreender a origem do existir harmonioso do homem, devemos não só compreender totalmente a letra, mas também o pensamento por trás dela. Jesus demostrou este terno amor dentro da lei nesta história da mulher samaritana no poço de Jacó. Jesus lhe dirigiu atenção, mesmo sendo ele um mestre religioso e ela uma mulher. Jesus falou com ela, embora sendo um judeu e ela uma samaritana. A graça de seu amor revelou a ela que há apenas uma fonte do existir, não um judeu em contraste com um samaritano, não a Lei contra a graça. Como o exemplo da mulher Samaritana, sem medo, vamos tomar posse de um novo senso do existir que está sempre sendo apresentado a nós por meio do Cristo. Cada um ao aceitar a água viva oferecida por Cristo Jesus, veremos o nosso novo eu surgindo, fresco e cristalino – inocente e puro.

Seção 4: Se a fonte é divina, ela vem com autoridade e domínio.

O Centurião romano que aparece nesta seção, tinha o comando sobre mais de cem soldados. Ele tinha ampla autoridade. Tendo essa aparente autoridade, lhe permitiu reconhecer a autoridade de Jesus sobre as limitações, inclusive a doença. Estava tão confiante de que a autoridade do Mestre vinha de cima que não achava necessário que Jesus fosse à sua casa para curar o seu fiel servo. Isto fala à nossa própria capacidade de compreender esta mesma autoridade divina, ainda hoje. O que é preciso? Temos que ter algum tipo de responsabilidade, um cargo importante, função social ou educação acadêmica para sentir que temos o direito de reivindicar autoridade sobre algo? Mais uma vez, isto depende de onde se origina a fonte de nossa autoridade.. Se estamos assentando nossa autoridade em nossa experiência, idade, escolaridade, etc. podemos achar que cometemos erros de julgamento, equívocos ou fracassos. Mas se olharmos para Deus como a autoridade divina que nos tem concedido o domínio sobre um falso senso de homem material, então estamos prontos para agir de uma maneira melhor! Nossa capacidade de curar não é uma questão pessoal. Ela vem de uma fonte divina. Começamos sempre com o Princípio, a fonte da criação e da perfeição divina, como nosso ponto de partida. Este tipo de fonte nunca nos deixará ir à deriva, nunca poderemos nos tornar um rio sem água. Só precisamos nos volver a Deus como nossa fonte, ler e estudar nossos livros-texto – a Bíblia e Ciência e Saúde -- assim vamos descobrir a primavera de chuvas abundantes sobre a terra, cheia de inspiração e cura.

Seção 5: Comece com a perfeição cristã.
No evangelho de João 17:6, lemos: "Manifestei o teu nome aos homens que me deste […]". Entendo que João diz que Jesus revelou a identidade/o nome de Deus aos homens. Ele revelou-nos Deus como a fonte da criação única e verdadeira. Deus revelou Sua natureza divina, o Cristo, em Jesus (CS24). O amor de Deus pelo homem, que trouxe Jesus para a humanidade, não foi apenas um exemplo maravilhoso. Foi um exemplo vivo que devemos seguir continuamente, pois a sua fonte está no Amor divino. Jesus sempre começava seu trabalho de cura com a perfeição que tem sua fonte em Deus, não na matéria. Precisamos voltar para a fonte, a origem eterna da criação que permanece pura, verdadeira, harmoniosa, constante, para que possamos discernir a verdade sobre o homem. A matéria só nos confundirá, limitará nosso potencial, nos manterá presos no padrão do "velho homem". Começar com a perfeição como nossa fonte espiritual é a única maneira de vermos que todas as coisas são possíveis para Deus (CS26). Sentir-nos importunados pelo medo e pela incerteza/ansiedade é um sinal claro de que estamos sendo governados/influenciados pela matéria.

Seção 6: Mantenha essa fonte perfeita no pensamento - sempre.
As citações B16-B18 direcionam nosso pensamento e a nossa identidade como espiritualmente perfeita. B17 diz: "chamei-te pelo teu nome, tu és meu." Como mencionamos, nome, aqui, significa algo mais profundo, mais relacionado com a identidade. Deus nos requisitou e nos deu nosso ser/existir, nossa individualidade, nossa identidade. Nosso ser/existir é espiritual, ilimitado, perfeito, tendo sua fonte no Amor, a fonte eterna da Vida. Essa é uma verdade prática, uma realidade que é demonstrável. Jesus nos mostrou como demonstrar. Eddy, a autora de Ciência e Saúde deu-nos as ferramentas para auxiliar em nosso progresso. Mantenha-se junto à Fonte Divina para encontrar sua natureza original, notável, autêntica e maravilhosa! E você será uma fonte de água viva!

————————————

Este estudo metafísico foi preparado por by Kerry Jenkins, CS, House Springs, MO

kerry.helen.jenkins@gmail.com (314) 406-0041

A equipe de tradução para o português é composta por Ana Paula Wagner, Dulcinéa Torres, Elisabeth Z. Friedrichs, Leila Kommers e Ovídio Trentini, com a leitura final por Orlando Trentini, CSB. Visite o site www.trentinicsb.com. Ali encontrará esta tradução e as anteriores para estudo, para baixar e partilhar esse copo de água fresca com seus amigos.

Os estudos metafísicos dos Cedros sobre o estudo diário da Lição Bíblica da Ciência Cristã, contendo ideias de aplicação metafísica, são oferecidos, durante todo o ano, para que os amigos da Ciência Cristã vejam e demonstrem o grande valor do estudo diário da LB.

Os Cedros são um complemento para a LB. O estudo em inglês será postado, no link abaixo, na 2a. feira. Sua tradução para o português será postada até a 3ªfeira. Busque e leia o texto em inglês em http://www.cedarscamps.org/metaphysical.

Metaphysical

Find out what it takes to follow the Master Christian! - We have to be willing to leave the...
Latest Lesson Application Idea

Newsletters

Get free weekly uplifting newsletters (available in English, Spanish, French, German and now in Portuguese!)
Subscribe or Update Subscription

Facebook

Find CedarS on Facebook for the latest news, heart-warming fruitage, facility upgrades and more!
Go to the CedarS' Facebook Page